Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/06/2012 08:40

Historia de Vida Comum: "Fabricio - O Bígamo”

Terezinha Tagliaferro, de Malta

Historia de Vida Comum: “Fabricio - O Bigamo”



Olha, meus amigos, esta é uma triste historia.Ja imaginou, uma mulher viver ao lado do marido por 25 anos pensando que o conhece e depois de sua morte descobre que ele era verdadeiramente um homem que viveu uma dupla vida?

Pois é, esta é a historia de Gema e sua rival no amor Marisa.

Marisa é uma médica pediatra e fica conhecendo Fabricio, pois é a pediatra dos seus dois filhos.Logo que se conheceram, foi amor a primeira vista, fulminante.Os dois amavam as mesmas coisas, pareciam mesmo duas almas gemeas.A principio Marisa lutou pra esquece-lo porque sabia que ele tinha familia, mas o amor foi mais forte.Ele dizia que ia passar o final de semana na montanha e na realidade ia pra casa de Marisa.

Gema,sua esposa, confiava nele e como sofria de vertigem nunca se aventurou a seguir o marido na montanha,dando-lhe toda a liberdade.Sendo assim ele levou essa vida de bigamo por 20 anos.

Para o leitor ficar sabendo, essa historia de amar a montanha é muito comum na Italia.Existe aqueles que amam o mar e outros que amam a montanha.Nesta ultima a pessoa pode alugar pequenos xalés e se relaxar muito com o clima mais ameno.E como ir descansar em fazendas com todo o conforto da cidade.Existem pensoes, hoteis, enfins existe um grande mercado nesse ramo.

Marisa disse que nunca exigiu nada dele, nunca pediu pra ele separar-se da mulher porque ela o amava e aceitava a situaçao como era.

Ha dois anos atras ele veio a falecer e so depois de varios meses ela começou a se desfazer das coisas dele e foi assim que abrindo uma gaveta encontrou 18 cartas de amor, enviada por Marisa.

Gema nao queria nem sequer acreditar e forçando a memoria se recordou da médica e foi até ela desesperada pedir explicaçoes e nao da paz pra médica.

Marisa a recebeu,apesar de nao gostar muito.Ela confirmou tudo.

Mas o que esta acontecendo agora é o seguinte:

-Gema pretende que Marisa comenta sobre seu marido, quer saber como ele se comportava com ela, visto que pra ela este outro lado do marido é desconhecido.No fundo ela quer entender o porque aconteceu isso.E um certo senso de culpa e também de burrice por nao ter percebido nada.Se sente um vazio, um ser passada pra traz por tantos anos, um certo senso de impotencia, pois na realidade estas explicaçoes é so ele que poderia dar e o que fazer? Ele nao existe mais......

Marisa, por sua vez, a levou ao tribunal porque nao aguenta mais.Ja sao 2 anos que Gema nao lhe da sossego fazendo perguntas e mais perguntas por telefone, por recados, vai até a casa dela, até o consultorio.

Marisa nao deseja explicar mais nada, pois considera invasao da sua privacidade.

Bom meus amigos, coloca-se no lugar dela.Como voce se comportaria?

Do meu ponto de vista, isto é aquele tipo de coisa na vida que se diz apropriadamente: “ Quanto mais mexe, mais fede.”

A melhor coisa neste caso é colocar uma pedra encima, pois nao tem como haver uma explicaçao.A dor de ser enganada deve ser uma coisa terrivel.Se nao conseguir sair desse sufoco sozinha tem de procurar ajuda de psicologo e tudo o mais.

Quem sabe quais explicaçoes ele daria?

Do meu ponto de vista ele deixou essas cartas de proposito para que a mulher descobrisse tudo.Pra que faze-la sofrer? Ingenuidade ou maldade? Existe homens assim, se sentem importantes com novas conquistas, precisam de amuletas pra sobreviver.

Conselho de advogado: “ Se seu marido vai muito na montanha e voce sofre de vertigens, pegue o carro e o segue de vez em quando....”





Terezinha de Jesus Taglilaferro


Enviando daqui esta é a ultima.Viajo na proxima quinta-feira.Vamos ver que hisitoria a viagem me reserva

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)