Cassilândia, Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

27/12/2003 09:53

Handebol: Brasil melhora técnica, mas não sobe

Agência Brasil

A Seleção Brasileira Olímpica Feminina encerrou sua participação no XVI Campeonato Mundial de Handebol, longe de alcançar os objetivos da comissão técnica e da direção da Confederação Brasileira da modalidade (CBHb), que seria conquistar melhor classificação na competição, ou seja, o 12º lugar alcançado na Itália em 2001.

Para o técnico da Seleção Brasileira, Alexandre Scheneider, houve certa evolução técnica em termos de resultados. “Perdemos por diferenças mínimas, encaramos em igualdade fortes adversários, o que não acontecia anteriormente. O Brasil não foi bem contra a França, mas nos demais resultados, perdemos por pequenas diferenças, resultados que consideramos normais. Muitas vezes estivemos à frente do marcador”, comentou Schneider.

O treinador lamentou não ter alcançado os objetivos, mas apresentou motivos que justificam o paradoxal desempenho da Seleção Brasileira. “O 20º lugar neste campeonato da Croácia, não constava dos nossos planos. Face ao trabalho que vem sendo desenvolvido e à evolução do handebol brasileiro em todos os níveis, esperávamos ficar entre os dez primeiro colocados. Mas a equipe foi muito instável emocionalmente durante a competição. Além do mais, poucos dias antes da competição, perdemos atletas importantes”, lamentou o treinador.

Outro fator que influiu decisivamente foi a forma de disputa e o grupo no qual o Brasil foi colocado. “Na Itália, ficamos em um grupo equilibrado, que tinha além do Brasil, a Tunísia, Itália, Eslováquia, Noruega e Uruguai. O Brasil conseguiu três vitórias e ficou em 12º lugar”, lembrou o treinador, acrescentando que este ano foi muito diferente. “Ficamos em um grupo dificílimo, com a Croácia, Sérvia e Montenegro, Espanha, França e Austrália. Vencemos a Austrália no ultimo jogo e assim não conseguimos melhorar nossa posição em mundiais”.

Apesar de tudo, o desempenho no Mundial não interfere no planejamento para a Olimpíada de Atenas. “Até o fim de janeiro, o planejamento para 2004 estará definido e assim daremos início à caminhada rumo a Atenas/2004” concluiu Schneider.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 16 de Janeiro de 2017
10:04
Coluna da juíza Luciane Buriasco Isquerdo
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Domingo, 15 de Janeiro de 2017
12:53
Cassilândia
10:50
Loterias
10:40
Loterias
10:20
Loterias
10:10
Loterias
10:00
Receita do dia
09:40
Loterias
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)