Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/09/2004 16:00

Haiti processa castanha de caju com tecnologia do Brasil

Agência Brasil

O Brasil embarca na 4ª feira (8) para Porto Príncipe, no Haiti, um conjunto de equipamentos que compõem a tecnologia das minifábricas de castanha de caju. Desenvolvidos por técnicos da Embrapa Agroindústria Tropical, eles permitem que, com baixo investimento, produtores familiares aprimorem sua produção, melhorem a qualidade das amêndoas beneficiadas e aumentem a margem de lucro.

As minifábricas foram prometidas pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em sua visita ao Haiti, no mês passado.

O Brasil é o segundo maior exportador de castanhas de caju do mundo. Produz cerca de 200 mil toneladas de castanhas por ano, em uma área estimada em 700 mil hectares. A produção nacional se concentra na região Nordeste (principalmente nos estados do Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte).

Com o objetivo de aumentar a renda dos pequenos produtores e gerar mais oportunidades de trabalho, de maneira sustentável, a Fundação Banco do Brasil e parceiros como a Embrapa, o Sebrae e a Telemar, estão investindo R$ 8 milhões na reaplicação do modelo das minifábricas em cinco estados do Nordeste

Com informações do BB

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)