Cassilândia, Quinta-feira, 27 de Julho de 2017

Últimas Notícias

29/04/2012 11:28

Guarani e Ponte Preta fazem dérbi histórico

FPF

A semifinal do Paulistão Chevrolet 2012 reserva um jogo especial neste domingo. Ás 18h, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, o Guarani recebe a Ponte Preta no 189º dérbi da história. Desta vez, porém, a partida vale uma vaga na grande final do estadual.

Coincidentemente, o dérbi decisivo acontece exatamente no ano em que o clássico campineiro completa 100 anos. A última vez que Ponte Preta e Guarani fizeram um jogo de tamanha importância foi em 1981, quando decidiram o primeiro turno do Campeonato Paulista. Na ocasião a Ponte Preta venceu por 3 a 2.

O clássico decisivo é tratado como um verdadeiro presente para os dois times. O presidente da Ponte Preta, Márcio Della Volpe, destacou a importância do jogo. “Com certeza é um presente para todos, ainda mais no centenário. Não temos uma decisão dessas desde 1981 e isso traz a cidade de Campinas e o futebol campineiro novamente para o cenário nacional. Estamos muito contentes de proporcionar isso”.

Marcelo Mengoni, presidente do Guarani, reforçou o discurso do pontepretano. “No meu modo de pensar, este dérbi além de ser um presente para os torcedores de Campinas, será o clássico mais empolgante desta linda história centenária. As duas equipes estão em boa fase, chegaram onde estão derrotando grandes equipes e mostrando um bom futebol. Tenho convicção ao afirmar que quem comparecer no Brinco de Ouro da Princesa neste domingo presenciará a história sendo escrita”.

Jogadores de 1981 fazem suas apostas

Pouco menos de 31 anos depois da histórica decisão, jogadores de Guarani e Ponte Preta daquela época aguardam ansiosamente a semifinal deste domingo e ainda fazem suas apostas para a partida.

Ex-capitão do Guarani, Édson demonstrou confiança em uma maior sorte do time nesta decisão de 2012. “Nesta semifinal, não pode haver bolas perdidas, o elenco do Guarani deve brigar a cada segundo pela posse de bola. O Guarani de hoje tem muito potencial e já superou grandes barreiras, creio que, salvo as comparações, este Bugre possui mais condições de chegar à final do que o Guarani de 1981”.

Já Odirlei, ex-jogador da Ponte Preta e autor do gol que deu a vitória ao time na última decisão, mostrou-se contente pelo futebol campineiro, mas não escondeu sua torcida pela Ponte Preta. “Eu sou Ponte Preta, mas o que der será bem recebido. Minha torcida é pontepretana, mas como campineiro de coração, fico feliz por um dos dois chegar à final. Mesmo assim arrisco um placar: acho que dá 2 a 1 para a Ponte, apesar de esse ser um jogo com grande risco de pênaltis, pela qualidade dos dois”.

Paz está novamente na pauta

Os pedidos de paz são constantes a cada dérbi e neste decisivo a história se repetiu. Os mandatários de Guarani e Ponte Preta deixaram seus recados para os presentes ao estádio no domingo.

Para Marcelo Mengoni, os torcedores devem se preocupar em apoiar seu time. “Mais do que uma partida disputada e acirrada dentro de campo, queremos ver a torcida ajudando e incentivando a sua equipe, mas de forma pacifica. Sabemos dos retrospectos negativos do clássico e por isso queremos que haja a paz dentro e fora do Brinco de Ouro neste domingo”.

Márcio Della Volpe seguiu a mesma linha e lembrou da importância que o jogo tem em Campinas. “A mensagem de paz é que fique claro e lógico para o torcedor que ele deve ir, cantar, apoiar sua equipe, mas respeitando seu adversário. Que ele se empenhe em torcer para o seu time e apenas isso. Ele precisa valorizar esse clássico, que não pode ser tirado da nossa cidade. O dérbi campineiro é um verdadeiro troféu para Campinas e algumas atitudes deixarão ele sempre grande”.

Treinadores analisam jogo

Com o adiamento da partida entre Ponte Preta e São Paulo, válida pela Copa do Brasil, os dois times campineiros puderam ter a semana toda para trabalhar e devem chegar em suas melhores condições para o jogo.

Jogando mais uma decisão em casa, Vadão, treinador do Guarani, falou que o Brinco de Ouro da Princesa é ponto forte de seu time. “Eu acho importante trazer o jogo para perto da nossa torcida onde tem mais gente gritando, onde nós já estamos mais acostumados a treinar, conhecemos o campo é melhor. Não é determinante, nós fomos lá no campo deles com todas as adversidades e empatamos por 1 a 1, mas eu prefiro jogar aqui onde nosso rendimento foi surpreendente”, afirmou.

Embora o técnico Vadão faça mistério, na prática, ele tem apenas uma dúvida: o substituto do volante Willian Favoni, suspenso pelo terceiro amarelo. O atleta vinha atuando no lugar do capitão Wellington Monteiro, que sofreu uma grave lesão no joelho e ficará de seis a oito meses afastado dos gramados. O comandante acenou com a possibilidade de escalar o volante Rafael Araújo, o meia Bruno Neves, o lateral Medina e até mesmo o zagueiro Éwerton Páscoa na posição do jogador suspenso.

Na Ponte Preta, a expectativa é de um jogo equilibrado e por isso a aplicação será determinante, segundo o treinador Gilson Kleina. “É um jogo equilibrado e na casa do adversário, para o qual teremos que nos aplicar muito. Faremos de tudo dentro de campo para trazer uma final para o Majestoso”.

Assim como seu adversário, o mistério é utilizado como uma estratégia na Ponte Preta. O técnico não confirma o time titular e sabe-se apenas que Willian Magrão e Cicinho, suspensos, não jogam. Os substitutos só devem ser conhecidos momentos antes do início do jogo.

Ficha Técnica:

Guarani: Emerson; Oziel, Domingos, Neto e Bruno Recife; Éwerton Páscoa (Bruno Neves), Fábio Bahia, Danilo Sacramento e Fumagalli; Fabinho (Ronaldo) e Bruno Mendes.
Técnico: Vadão.

Ponte Preta: Bruno; Guilherme, Diego Sacoman, Ferron e Uendel; João Paulo Silva, Enrico, Gerson e Renato Cajá; Caio e Roger.
Técnico: Gilson Kleina.

Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra;
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Marcio Luiz Augusto;
Assistentes adicionais: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza e Fabio de Jesus Volpato Mendes;
Quarto árbitro: Marcelo Rogério;
Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas;
Data: 29 de abril às 18h30.

Acompanhe pela Rádio Patriarca via Band Sat

Só deu bugrão!!! 3x1 !!!!!!!!!!
 
Ivan em 17/11/2014 08:02:24
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 27 de Julho de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 26 de Julho de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)