Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

28/01/2004 07:34

Gripe do frango aumenta consulta para exportação

Gustavo Bernardes/ABr

Se por um lado a “gripe do frango”, ou “influenza aviária”, causa prejuízos aos agricultores e preocupação aos consumidores e autoridades sanitárias asiáticas, por outro estimula oportunidades de novos negócios em países como o Brasil. Segundo técnicos do Ministério da Agricultura, a epidemia – que é causada por um vírus e foi detectada em dez países da Ásia (Vietnã, Coréia do Sul, Camboja, Japão, Taiwan, Indonésia, Tailândia, Paquistão, China e Laos) – já fez aumentar, nos últimos dias, as consultas comerciais para novas compras de frangos e outras carnes brasileiras, além de derivados, como ovos.

Cingapura – que importa por mês mais de 100 milhões de ovos, sendo 70% provenientes da Tailândia – já entrou em contato com o governo brasileiro para fechar embarques sistemáticos do produto originário do Brasil. E o Japão garantiu às autoridades sanitárias brasileiras que estará, no próximo mês, enviando ao Brasil uma missão de técnicos e especialistas para fechar a compra de mais frangos, suínos e também bovinos. “Certamente o Brasil poderá suprir uma parte deste mercado criado na Ásia por causa da epidemia”, disse o chefe da divisão de Cooperação Técnica e Acordos Internacionais da Secretaria de Defesa Agropecuária, Odilson Ribeiro.

O atual “status” sanitário das carnes brasileiras, segundo Ribeiro, está possibilitando aos parceiros comerciais do Brasil o aumento dos negócios. O governo federal ainda não sabe calcular quanto o país poderá ganhar com a gripe do frango. Mas estimativas da Associação Brasileira dos Exportadores de Frango (Abef) apontam um incremento neste ano de até 10% no comércio de frangos congelados, “in natura” e resfriados.

De acordo com o Ministério de Agricultura, desde que os primeiros casos da doença foram confirmados, o Brasil passou a redobrar atenção nas fronteiras e cancelou as compras de aves originárias dos países onde a epidemia foi detectada.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)