Cassilândia, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/07/2004 04:35

Greve: servidores aguardam proposta do MEC

Marina Domingos/ABr

A greve dos servidores das universidades federais e das escolas de ensino técnico e médio federais completou um mês nesta sexta-feira, dia 23. Apesar de mais uma rodada de negociações ter ocorrido no Ministério da Educação (MEC), os representantes da Federação dos Sindicatos de Trabalhadores das Universidades Brasileiras (Fasubra) e do Sindicato Nacional dos Servidores das Escolas Federais (Sinasefe) decidiram manter a greve até a próxima segunda-feira, quando acontece novo encontro.

De acordo com o secretário-executivo adjunto do MEC, Jairo Jorge, a decisão foi adiada porque o ministério ainda não apresentou sua contraproposta aos sindicalistas. A definição do índice de reajuste para mudanças de funções, um dos pontos que travam a negociação, ainda depende de estudos de impacto para poder ser negociado. O índice deverá ser de 3% a 5%, mas ainda depende das negociações com o governo. “Até segunda queremos apresentar os estudo do índice”, disse Jairo.

Os cerca de 73 mil professores das universidades federais também ameaçam entrar em greve na próxima semana. Nesta quinta-feira, o MEC apresentou uma nova proposta de rejuste ao Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes). Segundo o secretário Jairo Jorge, 40% dos professores vão receber aumentos de 15% a 17% e os aposentados de 32% a 36%, causando um aumento de R$ 372 milhões nas contas do ministério.

Ele disse que o governo atendeu a principal reivindicação da categoria. “A proposta prepara para as incorporações futuras, que é um desejo dos professores e do governo. Claro que não é algo imediato, mas possível no ponto de vista dos próximos anos. Essa medida é o primeiro passo para que isso aconteça”, explicou. Na próxima quarta-feira, dia 28, os Ministérios da Educação, Planejamento e Andes voltam a se reunir para tentar chegar a um acordo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)