Cassilândia, Domingo, 24 de Junho de 2018

Últimas Notícias

16/11/2017 17:00

Greve de auditores fiscais da Receita causa fila de caminhões na fronteira

Campo Grande News

A nova greve dos auditores fiscais, que está na terceira semana, provoca fila de caminhões em Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai. A categoria cobra do governo federal o cumprimento de um acordo firmado em 2016, estipulando 20% de reposição salarial, sendo 5% por ano, até 2019.

O movimento é nacional e em Mato Grosso do Sul, além de Ponta Porã, afeta o funcionamento do órgão federal na Capital, Dourados e nas aduanas de Corumbá, na fronteira com a Bolívia, e Mundo Novo.

De acordo com o Sindifisco (Sindicato dos Auditores Fiscais), o governo editou medida provisória adiando em um ano o pagamento da recomposição prevista para janeiro de 2018 e janeiro de 2019.

Os auditores fiscais da Receita Federal entraram em greve no 1º deste mês. O serviço não está totalmente parado, já que a categoria mantém 30% do efetivo trabalhando, mas o número reduzido atrasa a liberação das cargas.

Em Ponta Porã há dezenas de caminhões parados em frente à unidade da Receita, que fica do lado da Linha Internacional que divide Ponta Porã de Pedro Juan Caballero.

Um auditor disse hoje ao Campo Grande News que até as ruas próximas estão tomadas de caminhões. “Quase todos os auditores estão fora da repartição, assinando greve na folha de ponto. O que liberava no mesmo dia está demorando quatro dias, mas ainda dentro do prazo regulamentar”, explicou o auditor.

A greve afeta também os portos e aeroportos do país e prejudica a parte de arrecadação e julgamento de processos. Até agora o comando da Receita Federal não se manifestou sobre a paralisação.

Imprimir Enviar por E-mail

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 24 de Junho de 2018
07:14
Cassilândia
Sábado, 23 de Junho de 2018
09:00
Santo do dia
Sexta, 22 de Junho de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)