Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/01/2006 10:22

Greenpeace manterá luta contra soja transgênica

Eduardo Mamcaz/ABr

Mesmo com a previsão de uma colheita de 25 milhões de soja transgênica, o coordenador da campanha de engenharia genética do Greenpeace, o engenheiro agrônomo Ventura Barbeiro garante que os ambientalistas continuam contrários à liberação oficial da espécie.

De acordo com o ambientalista, a soja transgênica foi liberada para plantio no Brasil "pela via política e não pela via científica ou pela via da discussão junto à sociedade civil". Ele destacou que não houve "estudos de impacto ambiental nem dos efeitos na saúde humana". Ele lembrou também que no Brasil não existem estudos sobre o assunto e que nos Estados Unidos, eles provaram uma "tragédia ecológica".

Ventura Barbeiro explicou que o Greenpeace é contra a liberação de transgênicos no meio ambiente porque "depois você não consegue retirá-lo facilmente de lá". "Até o momento não há nenhuma prova de que a soja transgênica, ou outros produtos geneticamernte modificados, sejam essenciais para a humanidade. A experiência vem mostrando que os transgênicos não resolveram o problema da fome no mundo".

Barbeiro contesta as previsões feitas pelos produtores ouvidos durante o especial "Soja - um grande negócio", que a Rádio Nacional está apresentando, de que teremos metade da próxima colheita só de soja transgênica. "Com certeza a colheita não será nem de 20%, porque a produtividade com a soja transgênica é bem inferior à produtividade da soja convencional".

O coordenador informou que, independente da discussão, o Greenpeace vai reforçar a campanha de fiscalização da Lei de Rotulagem, que prevê que todo produto com pelo menos 1% de origem transgênica receba a marca "T" na embalagem e todas informações bem visíveis. "Isso vale, por exemplo, para o óleo de soja, a margarina ou bolacha que levam gordura hidrogenada de soja e até o chocolate que tenha lecitina de soja".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 11 de Dezembro de 2016
06:04
Fotogaleria
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)