Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/07/2007 21:00

Grãos: produtores de MS pedem aumento do valor prêmio

Fabiane Sato

Os baixos patamares dos preços do milho preocupam os produtores rurais. A saída de renegociar o grão com o governo federal também não tem sido lucrativa para os agricultores. A razão tem sido a desvalorização do dólar e as ótimas previsões da safra norte-americana. Os prêmios oferecidos pelos instrumentos de apoio à comercialização pelo governo Federal ainda não garantem o valor mínimo que o produtor rural sul-mato-grossense espera.

“O valor do prêmio é insuficiente para ressarcir os produtores e pagar pelo menos R$ 14 pela saca do milho”, admite o vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Mato Grosso do Sul e coordenador da Comissão Técnica de Agricultura, Seguro e Crédito Rural, Logística e Armazenagem, Eduardo Riedel.

Para o vice-presidente da Bolsa Brasileira de Mercadorias (BBM), Carlos Dupas! , as perspectivas não são animadoras para os produtores de milho de Mato Grosso do Sul. “Todo ano, eles sofrem com essa expectativa em relação à produção de milho norte-americano. A saída é travar preço na bolsa ou usar mecanismos de suporte de preço”, explica.

O vice-presidente da Bolsa analisa que os preços da saca do milho no Estado vão depender das expectativas em torno da safra nos Estados Unidos. De acordo com informações do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), 73% das lavouras estão em condições consideradas boas ou excelentes.

A Céleres divulgou no último dia 9 que há uma forte tendência de queda no preço do milho para as próximas semanas e coloca no seu informativo que o Centro-Oeste é atualmente a região mais problemática. Reduzir o custo capital com financiamentos de bancos privados é conselho dos analistas e das entidades representativas dos produtores rurais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)