Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

30/04/2004 16:53

Grão de soja misturada com semente não recebe certificad

Mapa Imprensa

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento vai suspender a emissão de certificado fitossanitário para exportação de soja em carregamentos do produto onde for constatada a mistura de grãos e sementes tratadas com agroquímicos. A determinação foi encaminhada hoje (30/04) pelo Departamento de Defesa e Inspeção Vegetal (DDIV) à fiscalização nos postos de vigilância agropecuária dos estados do Rio Grande do Sul e Paraná.

O diretor do DDIV, Girabis Evangelista Ramos, informou que a medida foi tomada após autoridades sanitárias da China confirmarem a presença de sementes tratadas com agroquímicos em um carregamento de soja que saiu do porto de Rio Grande (RS) no dia 12 de março com destino ao porto de Xiamen, no sul do país asiático. O governo chinês confirmou à embaixada brasileira em Pequim o embargo da carga, que chegou ao porto de Xiamen no dia 18 de abril.

Além de acionar a fiscalização nos postos de vigilância, o Mapa está comunicando a decisão ao setor exportador, como a Associação Brasileira da Indústria de Óleos Vegetais (Abiove) e a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec). Segundo Girabis, a semente tratada com agroquímico é destinada exclusivamente para o plantio. “Para coibir o descumprimento das normas, vamos intensificar a fiscalização e suspender a emissão do certificado fitossanitário nas cargas onde for encontrada a mistura do grão com a semente”, alertou o diretor.

O Mapa ainda não foi informado sobre o volume da carga embargada no porto de Xiamen, mas os navios graneleiros que partem dos portos de Paranaguá (PR) e Rio Grande (RS) têm capacidade para transportar entre 50 mil e 100 mil toneladas.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)