Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/12/2004 13:55

Governo:intervirá para evitar queda na renda agrícola

Acrissul

O governo federal está empenhado em garantir mais recursos orçamentários para evitar uma queda na renda agrícola em 2005. A informação foi dada pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues, ao participar da abertura do Seminário Desenvolvimento do Setor Agropecuário e Inclusão Social, nesta terça, dia 14.

– Estamos trabalhando para incluir no Orçamento da União a emenda que destina R$ 2 bilhões às operações de comercialização da próxima safra – disse.

Segundo Rodrigues, isso permitirá a sustentação de preços a produtos ameaçados por uma superoferta no mercado mundial, como algodão, arroz, milho, soja e trigo. O monistro assinalou que os R$ 2 bilhões permitirão ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) promover, quando necessário, o financiamento da comercialização e compras de produtos agrícolas, impedindo que os agricultores sofram prejuízos. De acordo com ele, o cenário em 2005 será menos favorável do que nos anos anteriores por causa do excesso mundial da safra de grãos, agravada por um aumento nos custos de produção.

– Enquanto os preços estão caindo 20%, os custos de produção estão subindo 13% – apontou.

O ministro ressaltou, entretanto, que o agronegócio brasileiro, como um todo, continuará crescendo, apesar dos problemas previstos para algumas cadeias produtivas. Há perspectivas de aumento da demanda no mercado internacional para setores como os de álcool e açúcar, café e suco de laranja. Com isso, assinalou Rodrigues, o agronegócio terá superávit na balança comercial e uma importante participação no Produto Interno Bruto (PIB) em 2005, além de se manter como uma das principais fontes de geração de empregos no campo e nas cidades.

Roberto Rodrigues também garantiu que o governo vai investir para 2005 em sanidade, tecnologia, infra-estrutura e logística, "além da organização das cadeias produtivas nas negociações internacionais e no estabelecimento de marcos legais nas áreas trabalhistas, de direito à propriedade e ambiental".

Fonte: MAPA

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)