Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/02/2006 15:20

Governo vai distribuir preservativos no Carnaval

Irene Lôbo, da Agência Brasil

O Ministério da Saúde pretende distribuir este ano, por meio do Programa Nacional de DST/Aids, 25 milhões de preservativos no período do Carnaval, que começa no dia 25. A quantidade representa mais que o dobro do ano passado, quando, no período, foram distribuídos 11 milhões de camisinhas, 1 milhão a mais que em 2004. As pessoas podem adquirir os preservativos em postos de saúde, por meio de organizações não-governamentais (ONGs) ligadas à questão e também nos locais de folia, como bailes e praças públicas.

De acordo com a assessoria ministério, o aumento na distribuição tem como objetivo promover o uso daquele que é considerado o principal método para a prevenção da aids e de doenças sexualmente transmissíveis. Segundo a Pesquisa de Conhecimento, Atitudes e Práticas Sexuais da População Brasileira, realizada em 2004 pelo programa e pela Fundação Oswaldo Cruz, 96% das pessoas entrevistadas concordaram que o preservativo é o método mais seguro para evitar a infecção pelo vírus HIV.

Em 2004, o ministério distribuiu 154 milhões de camisinhas em todo o país. No ano passado, apesar de o órgão ter atingido a marca histórica de 667 milhões de preservativos adquiridos, apenas um terço foi entregue à população (251 milhões de camisinhas). Segundo a assessoria, por se tratar de um grande volume, os fornecedores internacionais tiveram dificuldade em fazer as entregas e em atender as especificações brasileiras de controle de qualidade do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), o que dificultou o processo de distribuição.

A fim de evitar o atraso no repasse para os estados, a pasta assinou um termo de cooperação com o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) para a aquisição de preservativos pré-certificados em centros internacionais. Para 2006, a meta do ministério é adquirir um bilhão de preservativos - essa quantidade, somada à entrega das camisinhas compradas e não distribuídas em 2005, deve resultar na entrega de 1,5 bilhão de camisinhas este ano.

A perspectiva do ministério é alcançar 3 bilhões de unidades distribuídas anualmente até 2008, somadas à quantidade entregue pelo ministério, pelo mercado privado e pelo volume adquirido diretamente pelos estados e municípios.

Outra ação que pode aumentar o número de preservativos consumidos é o lançamento da P-20, uma máquina que venderá camisinhas a R$ 0,25 a unidade em mercados, boates e ONGs. A assessoria do ministério informou que a máquina está em fase de testes na sede do Programa Nacional de DST/Aids.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)