Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/01/2006 21:29

Governo vai contratar 900 professores e 600 técnicos

Nelson Motta/ABr

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva aprovou hoje (26) a contratação de 900 professores e 600 técnicos administrativos para atender as 32 escolas técnicas que serão construídas em todo o país. A decisão do presidente foi anunciada, no Palácio do Planalto, durante reunião com diretores dos Centros Federais de Educação Tecnológica.

Em discurso durante a reunião, Lula disse que tem "paixão" pelas escolas técnicas . "Eu tenho uma paixão especial, porque devo tudo o que sou ao curso profissional que fiz". O presidente lembrou que, durante as viagens que fez pelo Brasil, encontrou escolas técnicas abandonadas, que, segundo ele, poderiam estar formando centenas ou milhares de jovens para o mercado do trabalho.

"Elas estavam fechadas, mal cuidadas, os professores desmotivados, e nós agora estamos recuperando", afirmou o presidente. Aos 144 diretores dos centros e escolas federais que participaram da reunião, junto com o ministro da Educação, Fernando Haddad, Lula fez uma promessa: "Não é um compromisso verbal. É um compromisso de vida, de que nós precisamos da escola técnica neste país, a dimensão que ela tem em função da dimensão que a sociedade brasileira tem da escola técnica", ressaltou.

O Plano de Expansão e Fortalecimento da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica foi aprovado pelo presidente Lula em dezembro de 2005, com uma linha de crédito de R$ 150 milhões, dos quais R$ 57 milhões serão aplicados este ano. Está prevista para este ano a construção de 25 escolas técnicas vinculadas aos Cefets.

O ministro Fernando Haddad disse que o objetivo do governo é levar a educação profissional e tecnológica de qualidade ao interior e à periferia dos grandes centros urbanos. "O programa de expansão das escolas técnicas se conjuga com o programa de expansão da educação superior no país. É análogo ao que estamos fazendo em relação à educacao superior", explicou o ministro.

Segundo ele, são dois projetos que têm prioridade na Casa Civil, por determinação do presidente Lula, "para que não faltem recursos financeiros e humanos para a concepção das obras previstas, das contratações necessárias que dão andamento ao projeto".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)