Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

Últimas Notícias

26/01/2006 21:29

Governo vai contratar 900 professores e 600 técnicos

Nelson Motta/ABr

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva aprovou hoje (26) a contratação de 900 professores e 600 técnicos administrativos para atender as 32 escolas técnicas que serão construídas em todo o país. A decisão do presidente foi anunciada, no Palácio do Planalto, durante reunião com diretores dos Centros Federais de Educação Tecnológica.

Em discurso durante a reunião, Lula disse que tem "paixão" pelas escolas técnicas . "Eu tenho uma paixão especial, porque devo tudo o que sou ao curso profissional que fiz". O presidente lembrou que, durante as viagens que fez pelo Brasil, encontrou escolas técnicas abandonadas, que, segundo ele, poderiam estar formando centenas ou milhares de jovens para o mercado do trabalho.

"Elas estavam fechadas, mal cuidadas, os professores desmotivados, e nós agora estamos recuperando", afirmou o presidente. Aos 144 diretores dos centros e escolas federais que participaram da reunião, junto com o ministro da Educação, Fernando Haddad, Lula fez uma promessa: "Não é um compromisso verbal. É um compromisso de vida, de que nós precisamos da escola técnica neste país, a dimensão que ela tem em função da dimensão que a sociedade brasileira tem da escola técnica", ressaltou.

O Plano de Expansão e Fortalecimento da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica foi aprovado pelo presidente Lula em dezembro de 2005, com uma linha de crédito de R$ 150 milhões, dos quais R$ 57 milhões serão aplicados este ano. Está prevista para este ano a construção de 25 escolas técnicas vinculadas aos Cefets.

O ministro Fernando Haddad disse que o objetivo do governo é levar a educação profissional e tecnológica de qualidade ao interior e à periferia dos grandes centros urbanos. "O programa de expansão das escolas técnicas se conjuga com o programa de expansão da educação superior no país. É análogo ao que estamos fazendo em relação à educacao superior", explicou o ministro.

Segundo ele, são dois projetos que têm prioridade na Casa Civil, por determinação do presidente Lula, "para que não faltem recursos financeiros e humanos para a concepção das obras previstas, das contratações necessárias que dão andamento ao projeto".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Sábado, 19 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)