Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/07/2014 14:30

Governo recua e cota de compra na fronteira volta para US$ 300

Zana Zaidan, Campo Grande News

O governo federal voltou atrás e decidiu manter em US$ 300 a cota isenta de impostos para compras feitas no Paraguai e na Bolívia. A informação foi confirmada no início da tarde de hoje (22) pelo secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto e pela Casa Civil da Presidência da República.

Ontem, uma portaria do Ministério da Fazenda publicada no Diário Oficial da União reduzia a cota de compras sem tributação pela metade, e os US$ 300, vigentes desde 2010, passariam a ser US$ 150, ou pouco mais de R$ 300.

A suspensão, porém, da entrada em vigor da nova cota de US$ 150, será temporária, e a cota máxima será de US$ 150, diz o secretário. Segundo ele, a cota de US$ 300 ficará vigente até que estejam em funcionamento as lojas francas ou "free shops" nas chamadas “cidades gêmeas" fronteiriças do Brasil. Para ele, a nova cota passará a valer dentro de seis meses.

Apesar da oficialização em diário, a mudança ainda não havia entrado em vigor porque dependia de regulamentação da Receita, acrescenta Barreto, o que facilitou que o governo voltasse atrás.

Escondida – A mudança da cota de isenção para compras na fronteira veio embutida em uma portaria que trouxe regras para a instalação de lojas francas nos municípios vizinhos a outros países. Para estas lojas, a cota continuará em US$ 300, segundo a medida.

A cota maior para as lojas francas, que têm regime parecido ao das free-shop de aeroportos, é uma forma, também, de incentivar os empresários brasileiros a montarem esse tipo de empreendimento.

A Lei 12.723/2012 autoriza a instalação de lojas francas nas chamadas cidades gêmeas, que se caracterizam pela integração urbana com países vizinhos, como é o caso de Ponta Porã e Corumbá, em Mato Grosso do Sul.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)