Cassilândia, Sábado, 26 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

22/07/2003 16:16

Governo quer sanar déficit de leitos de UTI até 2004

Agência Brasil

O governo federal pretende sanar o problema do déficit de unidades de terapia intensiva (UTI) no país até o final do ano que vem. Segundo o ministro da Saúde, Humberto Costa, até a metade de 2004, o déficit do número de leitos de UTI apresentará uma redução significativa. O Ministério da Saúde vai credenciar 2.233 leitos de UTI no primeiro semestre de 2204. Para custeio dos novos leitos, serão aplicados R$ 51,31 milhões, em 2003, e R$ 105,72 milhões, em 2004. Com esse aporte, o número de leitos no Sistema Único de Saúde (SUS) subirá de 14.036 para 16.269, representando uma redução do déficit no sistema público de 3.662 para 1.418.
“Estamos credenciando todos os leitos de UTI para os quais havia pedidos no ministério. A segunda etapa, agora, é procurar naqueles estados, naquelas regiões onde o déficit permanece, construir novos leitos, equipá-los e credenciá-los,” disse o ministro, que participou na capital paulista da cerimônia de adesão do município e do estado de São Paulo à Gestão Plena de Saúde. Com a integração no atendimento em todos os hospitais públicos de São Paulo, os recursos destinados ao estado e ao município terão um incremento de R$ 137 milhões por ano. Na ocasião, Costa assinou também portaria que cadastra 306 leitos de UTI em 30 hospitais do estado. Para custeio desse atendimento, o governo federal repassará mensalmente R$ 1,04 milhão.(Elisângela Cordeiro)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 26 de Setembro de 2020
07:28
Cassilândia/São José do Rio Preto
Sexta, 25 de Setembro de 2020
Quinta, 24 de Setembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)