Cassilândia, Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

21/04/2005 13:44

Governo quer reduzir concentração de cursos de mestrado

Agência Brasil

No Brasil, há 122.295 estudantes matriculados em cursos de mestrado e doutorado. A maior parte desses alunos está concentrada nas regiões sul e sudeste, como mostra o mapa da pós-graduação no país, divulgado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (Capes), ligada ao Ministério da Educação. Na região sudeste, encontra-se o maior número de pós-graduandos, 45.856 no mestrado acadêmico e 31.274 no doutorado. Em seguida, estão as regiões sul, nordeste e centro-oeste. Já a região norte ocupa a última colocação no ranking, com 228 doutorandos e 1.507 mestrandos.

"As regiões norte e centro-oeste, excluindo o Distrito Federal, têm os índices mais baixos de matriculados na pós-graduação e, conseqüentemente, de bolsas", destaca o presidente da Capes, Jorge Guimarães. Segundo ele, é preciso um pacote de medidas para capacitar regiões menos desprovidas de recursos humanos.

De acordo com Guimarães, na semana passada, a Capes iniciou a distribuição de 1.653 novas bolsas de pós-graduação, que irão beneficiar principalmente estudantes das regiões norte e centro-oeste. Segundo ele, o governo também pretende destinar programas de bolsas de iniciação científica à região norte, com ênfase em áreas como meio ambiente, agricultura e desenvolvimento sustentável.

O presidente da Capes diz, ainda, que a idéia "é fazer um programa maciço de bolsas de iniciação científica especialmente na Amazônia". Ele calcula que os resultados deste esforço poderão ser sentidos a médio prazo. "Em quatro, cinco anos, teremos gente que, decididamente, vai poder reforçar esses programas de pós-graduação, com temas de interesse local. Porque o que ocorre hoje é que muitas vezes o estudante de lá vai para São Paulo, para o Rio e muitos não voltam; e esse não é o menor sistema de dar o apoio para mudar as características da região", avalia.

Outra iniciativa destacada por Guimarães é o chamado Programa Casadinho, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Por meio do programa, instituições bem colocadas no sistema de avaliação da Capes - com conceitos 6 e 7 -,prestam auxílio àquelas que receberam conceitos 3 e 4. "Para a região norte e nordeste e centro-oeste, o Casadinho deverá dar uma mudança substancial no desempenho de programas de pós-graduação", finaliza.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 20 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 19 de Outubro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)