Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/07/2015 10:37

Governo prorroga mandatos pela 4ª vez e eleição de diretor fica para novembro

Leonardo Rocha, Campo Grande News

O governo prorrogou pela quarta vez o mandato dos atuais diretores da rede estadual de ensino para 31 de dezembro de 2015. A eleição direta para escolher os dirigentes está prevista para a primeira quinzena de novembro. As novas regras geraram polêmica, porém, após acordo, foram aprovadas neste mês na Assembleia Legislativa.

 

O diretores foram eleitos para o período entre dezembro de 2011 a dezembro de 2014, no entanto houve sucessivas mudanças nesta eleição, por motivos diferentes. De acordo com o presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de MS), Roberto Botareli, a eleição deveria ocorrer no primeiro momento em outubro de 2014.

“Na época pedimos o adiamento, porque se tratava de período eleitoral, não gostaríamos que houve influencia política nas eleições para diretores, por isso foi adiado para abril de 2015, quando chegou este período o governo não se articulou para realizar o pleito”, disse ele.

Neste período ainda começou as discussões e divergência sobre as mudanças nas regras eleitorais, que a princípio não agradou os servidores, tanto que o projeto foi retirado da Assembleia, para que fosse feita as devidas alterações em acordo com o sindicato.

A terceira previsão é que a eleição seria realizada no mês de agosto, porém esta data novamente não foi concretizada, sendo agora esperada para primeira quinzena de novembro, faltando apenas decidir o dia da eleição. “Sobre a prorrogação do mandato já estava previsto no projeto aprovado, então tudo combinado com o sindicato”, disse Botareli.

Os atuais diretores que estão no primeiro mandato podem tentar a reeleição, já aqueles que estão no segundo não estão mais aptos a participar do pleito.

Regras – Em comum acordo entre categoria e governo estadual, ficou decidido que os servidores administrativos poderão participar da eleição para diretor, no entanto estes precisam ter graduação em pedagogia. Também ficou estabelecido que vai ter eleições diretas nas escolas indígenas, integrais e Ceada (Centro Estadual de Atendimento ao Deficiente da Audiocomunicação).

Outro ponto de discórdia também foi resolvido, agora os alunos a partir do 8° ano poderão votar, sem que haja definição de idade, pois em muitos casos o estudante por ter idade suficiente, mas estar em séries menores.

Entramos em contato com a secretária de Educação, Maria Cecília Amêndola, para saber os motivos das mudanças (datas), mas ela não atendeu as nossas ligações.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)