Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/10/2016 18:40

Governo paulista convoca 20 mil professores aprovados em concurso

Agência Brasil

 

O governo do estado de São Paulo convocará 20,9 mil professores aprovados em um concurso realizado em 2013. Os convocados vão substituir os professores que atualmente trabalham em regime temporário. A decisão será publicada amanhã no Diário Oficial.

De acordo com o governador Geraldo Alckmin, não há falta de professores no estado, mas nem todos os profissionais que estão trabalhando no momento são concursados. “Nenhum estado tem [somente concursados], até porque tem um processo muito dinâmico. Nos anos iniciais, por exemplo, temos tido menos alunos, é a mudança demográfica. O Brasil, que era um país jovem, hoje é um país maduro", disse Alckmin.

Ao comentar a reivindicação de reajuste salarial da categoria, o governador citou o problema da queda de arrecadação. “Daremos o aumento o mais rápido possível, estamos monitorando a arrecadação”, afirmou o governador.

Ele disse que a questão orçamentária está sendo permanentemente avaliada e lamentou que, em setembro, o estado tenha sofrido perda de mais de R$ 1 bilhão, comparativamente à previsão da lei orçamentária.

O secretário estadual da Educação, José Renato Nalini, considerou “legítima, justa e compreensível” a reivindicação dos professores. “Ninguém tem 'atormentado' mais os setores técnicos do governo do que o secretário da Educação. É por isso que os professores estão acreditando que haja alguma perspectiva. Temos que constatar: isso é uma tragédia. É que a arrecadação do ICMS [Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços], a maior receita paulista, cai aceleradamente.”

Ensino integral

Para Nalini, o estado tem de ser contemplado com um número de escolas integrais compatível com a sua dimensão. “Não é possível que tenhamos mais 30 escolas integrais com os recursos do Ministério da Educação [MEC], quando estados que não têm a mesma dimensão, principalmente Santa Catarina e Maranhão, contem com o mesmo número de 30 escolas [integrais].”

Nalini disse que foi surpreendido pela portaria do MEC que condiciona a abertura de escolas integrais à taxa mínima de 75% de participação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). “Temos de convencer os estudantes de que dependerá do desempenho deles na aferição do Enem essa possibilidade do ensino integral”, afirmou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)