Cassilândia, Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2018

Últimas Notícias

22/07/2017 12:46

Governo lança edital para incentivar municípios de MS; prazo termina em agosto

Semagro.ms.gov.br

O governo do Estado está democratizando o acesso aos recursos do Fundo para o Desenvolvimento do Turismo de MS. Para isso, foi publicado em 17 de julho o Edital de Chamamento Público da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur-MS), que tem por objetivo apoiar projetos de fomento a eventos geradores de fluxo turístico nos municípios do Estado. As ações apoiadas no edital deverão estar dentro de um dos seguintes eixos temáticos: Ecoturismo, Evento Gastronômico, Turismo de Aventura, Turismo de Negócios e Eventos, além de Carnaval.

“O turismo é uma atividade econômica com grande potencial para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul, por isso trouxemos a Fundtur para o âmbito da Semagro. A Fundação tem realizado um trabalho muito importante participando de feiras e divulgando os atrativos sul-mato-grossenses. Outro eixo de atuação é a atração de grandes eventos nacionais para o Estado ou mesmo a promoção de atividades com potencial de atrair pessoas de outros estados. É nesse sentido que o Edital irá contribuir, descentralizando e democratizando o acesso aos recursos do Fundo a todos os municípios. A equipe das Fundtur tem realizado um trabalho fundamental de qualificação no interior, por isso, esperamos boas propostas”, comentou o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck.

De acordo com o diretor-presidente da Fundtur-MS, Bruno Wendling, essa ação faz parte de uma das linhas estratégicas da Fundação de Turismo. “Esse edital para apoio a eventos geradores de fluxo turístico é importante porque dá transparência ao processo, pois todos os municípios terão condições de concorrer de forma igualitária, com base em critérios técnicos. A Fundação de Turismo levará em conta a categorização trabalhada pelo Ministério do Turismo, ou seja, os municípios melhor posicionados receberão um pouco mais de recursos, no valor de até R$ 50 mil, pois entendemos que eles estão mais preparados para realizar os eventos. Os demais municípios poderão receber até R$ 40 mil, que consideramos um bom recurso também”, pondera.

Além dos critérios já citados, a seleção dos projetos também levará em consideração o apoio das instâncias de governança municipais ou regionais, a cobertura da divulgação e promoção que será feita do evento, medidas para prevenir e combater todo e qualquer desrespeito ao ser humano, como o combate a exploração sexual de crianças e adolescentes, combate ao turismo sexual, entre outros.

Outro critério importante para a Fundação de Turismo é a legalidade dos empreendimentos turísticos. “Vamos priorizar os destinos que possuem empreendimentos cadastrados no Cadastur, pois entendemos que a oferta é legalizada, e também aqueles que trabalham na baixa temporada para motivar a redução da sazonalidade. Dando transparência ao processo seremos mais justos e apoiaremos de fato aqueles eventos que levam turistas e movimentam a economia dos municípios. Todos os municípios têm direito a concorrer e, os que forem aprovados, terão tempo para o planejamento já que apoiaremos eventos até o carnaval do ano que vem”, afirma Wendling.

Informações sobre documentação, forma de apresentação do projeto básico, plano de trabalho, processo de seleção, cronograma e outras informações estão no “Edital de Chamamento Público 02/2017” que pode ser acessado no www.turismo.ms.gov.br/institucional/convenios. Os municípios que pretendem concorrer ao Chamamento Público têm até o dia 16 de agosto para entregar os projetos.

Débora Bordin – Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 23 de Fevereiro de 2018
Quinta, 22 de Fevereiro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)