Cassilândia, Sábado, 28 de Março de 2020

Últimas Notícias

21/02/2020 09:30

Governo institui programa que converte multas ambientais em serviços

Governo de MS

Foi publicada nesta quarta-feira (19), no Diário Oficial da União, a portaria nº 76 do Ministério do Meio Ambiente (MMA), que instituí o Programa de Conversão de Multas Ambientais para o triênio 2020 a 2023. A normativa, assinada pelo ministro Ricardo Salles, visa a conversão de multas por infrações cometidas contra o meio ambiente em prestação de serviços de preservação.

“Fica instituído o Programa de Conversão de Multas Ambientais para o triênio 2020 a 2023, visando a prestação de serviços voltados à preservação, melhoria e recuperação da qualidade ambiental”, destaca o documento.

O programa constitui o principal documento técnico balizador da aplicação da conversão de multas em serviços ambientais buscando estimular e efetivar a conversão em prestação de serviços de preservação, melhoria e recuperação da qualidade do meio ambiente, contribuindo para reparação e prevenção de danos.

De acordo com o texto do programa, publicado no site do ministério, a conversão apresenta inúmeras vantagens para o autuado e para a Administração Pública. “Primeiramente, torna possível o diálogo em situações conflituosas, por meio de uma audiência de conciliação”.

Também permite o acordo entre o órgão ambiental e o infrator para a reparação integral dos danos ambientais, sem a obrigatoriedade de recorrer ao Poder Judiciário, economizando tempo e recursos. Além disso, procura engajar o autuado na preservação e na conservação do meio ambiente.

Quando autuado, é possível ao infrator pagar a multa; requerer sua a conversão em serviços de preservação, melhoria e recuperação da qualidade do meio ambiente; ou impugná-la administrativa e judicialmente, nos termos do Decreto nº 6.514/2008.

Nos casos em que há a possibilidade de optar pela conversão da multa ambiental, o autuado pode optar entre as modalidades: primeiro é possível implementar projeto de serviço de preservação, melhoria e recuperação da qualidade do meio ambiente; ou (2º) aderir a projeto previamente selecionado.

Com isso, os órgãos ambientais conferem maior efetividade às suas missões institucionais enquanto promovem a recuperação ambiental e o desenvolvimento sustentável, uma vez que a aplicação da conversão resulta na efetiva e integral responsabilização daqueles que degradam o ambiente.

A Portaria entrou em vigor na data de sua publicação. Para conferir o programa completo é só acessar a página do Ministério do Meio Ambiente e acessar a aba Programas do MMA.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 28 de Março de 2020
11:00
Esporte com Saúde
Sexta, 27 de Março de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)