Cassilândia, Quinta-feira, 28 de Maio de 2020

Últimas Notícias

23/04/2018 15:30

Governo incentiva exportação de grãos pelas fronteiras com o Paraguai e Bolívia

Regra da paridade entre exportações e mercado interno é flexibilizada e Ponta Porã é incluída para estimular uso de porto paraguaio.

G1MS

O governo de Mato Grosso do Sul está incentivando a exportação de grãos pelas fronteiras do estado com o Paraguai e a Bolívia. Decreto publicado na semana passada alterou as regras do Programa de Estímulo à Exportação ou a Importação pelos Portos do Rio Paraguai, o Proexprp, incluindo o escoamento por Ponta Porã e estimulando os embarques por Porto Murtinho, Corumbá e Ladário.

A redação original do programa estabelecia uma equivalência entre o volume de grãos exportado por Porto Murtinho, Corumbá e Ladário e as vendas internas, determinando que para cada tonelada de soja de milho embarcada para o exterior por estes terminais, o exportador deveria comercializar a mesma quantidade no mercado local.

Com a alternação, o governo do estado flexibilizou a contrapartida para quem já exportou no ano passado e incluiu Ponta Porã, entre os município beneficiados pelo programa. O objetivo é estimular, por exemplo, o uso do porto de Concepción, no Paraguai, que teve o terminal inaugurado em fevereiro deste ano e está a cerca de 200 quilômetros de Ponta Porã, podendo ser usado para encaminhar a soja do estado para terminais argentinos.

Com a mudança, 5% de tudo que a empresa exportou no ano passado, ela poderá exportar por Ponta Porã sem a cobrança de equivalência em 2018. Mas, se a empresa tiver exportado no ano passado por Porto Murtinho, Corumbá ou Ladário, ela terá o desconto de 7,5% sobre tudo que ela vendeu ao mercado externo em 2017.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, alteração no decreto foi feita para impulsionar as exportações de milho e soja no Estado, principalmente em um momento em que é necessário escoar os grãos que resultaram da safra.

“Tivemos uma safra recorde de soja com 9,558 milhões de toneladas do grão e precisamos ecoar toda essa produção. As hidrovias são a melhor maneira de exportar nosso produto e por isso estamos incentivando o uso deste modal”, disse o secretário.

O presidente da Associação de Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS), Juliano Schmaedecke, acredita que a flexibilização pode abrir novos caminhos e mercados para a exportação de soja e milho, pois com a saída por Ponta Porã, o porto de Concepcion abre novas opções para vários municípios do Estado.

“Precisamos ter agilidade no setor aduaneiro de Ponta Porã para conseguir entrar com as cargas no Paraguai. Isso melhora a margem de lucro do produtor rural e incentivando a abertura de novas fronteiras agrícolas”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 28 de Maio de 2020
Quarta, 27 de Maio de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)