Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

23/11/2004 13:56

Governo Eletrônico terá 4,5 mil pontos de atendimento

Benedito Mendonça / ABr

No primeiro semestre de 2005, o Ministério das Comunicações vai expandir os serviços do Governo Eletrônico - Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac) de 3.200 para 4.500 pontos de acesso no país. Apenas no Gesac, a expectativa é chegar ao final de 2006 com 6 mil pontos.

A informação foi dada hoje pelo assessor do Ministério das Comunicações (MC), Antonio Albuquerque. Ele fez a palestra Inclusão Digital no Brasil: Governo Eletrônico - Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac), no segundo dia da 2ª Mostra de Inclusão Digital do governo federal. O evento termina amanhã (24), na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

De acordo com Albuquerque, o Gesac é um programa que tem o objetivo de dar acesso, além da internet, aos grandes portais e aos serviços do governo eletrônico, também à inclusão digital disponibilizando uma série de serviços para a comunidade se desenvolver econômica, cultural e pedagogicamente.

"Isso tudo com uma grande preocupação de que a comunidade produza conteúdos, divulgue o seu turismo, discuta com outras comunidades e articule políticas públicas junto à Câmara Legislativa", disse.

Albuquerque revelou que o programa permite à comunidade se abrir para o mundo, conhecer e produzir informações, além de interagir com outras comunidades. Ele lembrou que em todos os estados existem comunidades usando e produzindo conteúdos em cima do Gesac.

Ele informou que já estão sendo implantadas as unidades de acesso à internet, os telecentros, previstas no Programa Brasileiro de Inclusão Digital (PBID). Serão mil unidades até junho de 2005. O mesmo acontece com as 6 mil unidades previstas no Plano Plurianual de Investimentos, que serão implantadas até 2007.

O assessor da presidência do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), Alex Camacho Castilho, que representou o presidente da instituição, Sérgio Amadeu, falou sobre a experiência do instituto na atual gestão da prefeitura de São Paulo.

Segundo ele, a idéia foi mostrar o trabalho do ITI, de modo que os órgãos federais possam ter a opção de levar a inclusão digital para as áreas carentes do Brasil. "A gente pretende instalar cerca de mil telecentros no Brasil até o final de 2005 nos moldes do Programa Casa Brasil".

Os telecentros são espaços com computadores conectados à internet disponíveis gratuitamente para a população carente, que usam sofware livre - programas de computador cujo uso não implica o pagamento de direitos autorais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)