Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/01/2006 15:58

Governo e centrais se entendem e mínimo sobe a R$ 350

João Prestes / Campo Grande News

O salário mínimo passará de R$ 300 para R$ 350 já em março, em todo o país. O aumento será de 16,6%, mais de 10 pontos percentuais acima da taxa de inflação registrada no ano passado. A negociação em torno do aumento do mínimo foi fechada hoje em reunião entre representantes do governo e das centrais sindicais.

Os sindicalistas queriam elevar o mínimo para R$ 360, mas foram convencidos a recuar e aceitar a proposta do governo, que, entretanto, concordou em antecipar o reajuste para 1° de março, ao invés de 1° de maio como sempre ocorre.

A proposta negociada prevê ainda uma correção de 10% para a tabela de Imposto de Renda, que ainda do aval do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, disse que o governo só aceitava corrigir a tabela de IR em 7%. O relator da proposta orçamentária, Carlito Merss (PT-SC) disse que será necessário fazer as contas para ver se é possível atender à reivindicação das centrais. O custo da antecipação do reajuste do mínimo de maio para março é de R$ 1 bilhão, segundo Marinho.

Em 2004, as centrais sindicais pediam que a tabela sofresse uma correção de 17% para zerar as perdas acumuladas no governo Lula, mas o governo concedeu um reajuste de 10%. No ano passado a correção deveria ser de 13%, nas contas dos sindicalistas, para compensar as perdas da inflação mais 7% que não foram concedidos em 2004. Não houve acordo e o impasse ficou para ser negociado no começo de 2006.

A tabela do IR sofreu somente duas correções desde 1996: de 17,5%, em 2002, e de 10% em 2005.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)