Cassilândia, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/03/2004 15:47

Governo e aposentados não chegam a acordo

Jorge Wamburg / ABr

O presidente da Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB), Antônio Fernandes Neto, informou que as entidades que representam os aposentados não concordam com a proposta do governo de pagamento, em cinco anos, da correção devida a 1,8 milhão de inativos da Previdencia, relativa ao período de março de 1994 a fevereiro de 1997. A proposta foi apresentada hoje pelo ministro da Previdência Social, Amir Lando, durante a reunião que está sendo realizada no Ministério. O pagamento começaria a ser feito em junho deste ano.

Os aposentados querem receber em três anos no máximo. Há divergências também quanto ao montante do débito que o governo estima em R$ 12,3 bilhões e as lideranças dos aposentados calculam em R$ 10,7 bilhões.Também falta definir a fonte de recursos para o pagamento, mas as entidades sindicais defendem que ela seja o próprio orçamento da Previdência, que teve um superávit de R$ 26 bilhões neste ano, ou um percentual das loterias da Caixa Econômica Federal.

O aumento da alíquota de contribuição previdenciária para cobrir a despesa é descartado pelos sindicalistas, apesar de o ministro ter dito, segundo Antônio Neto, que a dívida é de toda a sociedade. Técnicos da Previdência e das entidades sindicais continuam reunidos para discutir detalhes da proposta.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)