Cassilândia, Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Últimas Notícias

02/02/2018 09:20

Governo do Estado fechou ano com déficit de R$ 451,6 milhões

Correio do Estado

 

Governo do Estado encerrou 2017 com déficit de R$ 451,654 milhões nas contas públicas, de acordo com relatório de execução orçamentária do 6º bimestre do ano, divulgado ontem no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul.

Até dezembro do ano passado, aponta o relatório, o Estado teve R$ 12,489 bilhões de receitas primárias, enquanto as despesas ficaram em R$ 12,940. Em 2016, o Estado havia encerrado o último bimestre com superávit R$ 74 milhões nas despesas liquidadas, ainda segundo o relatório.

A lenta recuperação da crise financeira, cenário de recessão econômica ainda persistente aliada ao gasto com pessoal muito próximo ao limite máximo permitido em lei estão entre os fatores que podem ter contribuído para o resultado.

De acordo com o relatório, o governo estadual teve um gasto total de R$ 4,774 bilhões somente com pessoal.

O montante corresponde a 48,98% da receita corrente líquida (R$9,747 bilhões), limite máximo permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, que permite o comprometimento de, no máximo, 49% da receita com pessoal.

Arcar com a folha de pagamento foi um dos motivos que levou o Executivo estadual a realizar programa de refinanciamento de dívidas (Refis), que gerou aos cofres públicos o total de R$ 503 milhões, sendo R$ 204,1 milhões até dezembro, recurso usado para o pagamento do 13º salário. Outro fator que pode ter influenciado no resultado foi a queda na importação do gás natural.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 25 de Fevereiro de 2018
Sábado, 24 de Fevereiro de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)