Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

28/04/2004 20:07

Governo discute amanhã aumento abusivo de medicamentos

Lourival Macedo / ABr

O aumento abusivo no valor dos medicamentos que estão livres do controle de preços do governo será discutido amanhã pelos ministros que fazem parte da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED). A reunião será no Ministério da Saúde e deverá contar também com a participação dos ministros da Fazenda, Justiça e Casa Civil, para tomar uma posição sobre o aumento. Os laboratórios farmacêuticos elevaram em até 50,7%, os preços de 260 medicamentos que ficaram livres do controle da CMED, aqueles que não são de uso continuado e que deveriam ser regulados pela concorrência sadia entre as empresas.

Para o ministro da Saúde, Humberto Costa, o que se observou foi uma ação articulada de todos os laboratórios para elevarem os preços em percentuais quase iguais. “No meu entendimento, houve um verdadeiro abuso por parte dessas empresas porque nada justifica que, do ano passado para cá, alguns aumentos tenham atingido até 50% do que haviam definido anteriormente como preço”, disse o ministro.

Ele lembrou que uma das razões da liberação dos preços era que essa livre concorrência poderia ocorrer, já que os 260 medicamentos livres do controle são justamente aqueles que são produzidos por vários laboratórios que produzem e todos têm uma significativa participação no mercado. O Ministério da Saúde defende maior controle do governo sobre esses medicamentos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)