Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/11/2006 08:40

Governo decreta luto de três dias pela morte de Ramez

Humberto Marques / Campo Grande News

O governo de Mato Grosso do Sul decretou hoje luto oficial de três dias pela morte do senador Ramez Tebet (70 anos), segundo nota oficial divulgada na manhã de hoje pela Agência Popular de Notícias. Assinado pelo governador Zeca do PT, o documento ressalta o histórico de Tebet – não apenas com seu papel na política brasileira, mas também como professor universitário e promotor público.

A nota destaca que a morte de Ramez Tebet “priva o Congresso Nacional de uma liderança cujo equilíbrio e discernimento foram testados em momentos críticos de nossa história recente”, além de privar o Estado “de um de seus mais ilustres filhos”. Tebet faleceu na noite de sexta-feira, vítima de um câncer. Confira abaixo a nota na íntegra:

“Profundamente consternado ante o falecimento do Senador Ramez Tebet, Mato Grosso do Sul despede-se de um de seus mais proeminentes líderes, cujo exemplo de dignidade pessoal e de absoluto devotamento ao interesse coletivo, ao longo de mais de quarenta anos de vida pública, estará para sempre inscrito como honroso capítulo de nossa História.

Como promotor público, professor universitário, prefeito de sua Três Lagoas, deputado estadual, vice-governador e governador, superintendente da Sudeco, senador, ministro de Estado e presidente do Senado, Ramez Tebet consagrou-se como lúcido e obstinado defensor dos princípios democráticos, fundado em sólido conhecimento do Direito, base de sua formação e instrumento essencial de prodigiosa trajetória política.

A morte do senador Ramez Tebet priva o Congresso Nacional de uma liderança cujo equilíbrio e discernimento foram testados em momentos críticos de nossa História recente. E deixa Mato Grosso do Sul órfão de um dos seus mais ilustres filhos, cuja vida pública foi inteiramente dedicada ao bem comum.

Como expressão de pesar do povo e do Governo, decreto luto oficial de três dias em Mato Grosso do Sul.

Campo Grande, 18 de novembro de 2006

José Orcírio Miranda dos Santos”

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)