Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/08/2016 16:20

Governo de MS injeta R$ 415 milhões na previdência para cobrir deficit

Campo Grande

O governo de Mato Grosso do Sul publicou no Diário Oficial do Estado, nesta sexta-feira (12), suplementação de crédito de aproximadamente R$ 469 milhões. O valor será usado para cobrir insuficiência de recursos em setores da administração estadual, mas, principalmente, para cobertura do deficit previdenciário, onde serão injetados mais R$ 415 milhões.

Acontece que a Ageprev (Agência de Previdência de Mato Grosso do Sul) tem apresentado deficit mensal estimado em R$ 70 milhões; são aproximadamente 19,5 mil aposentados e 4,3 mil pensionistas. A projeção era de que a pasta apresentasse prejuízo anual de R$ 840 milhões para cobrir essas despesas.

No ano passado, o saldo devedor chegou a R$ 532 milhões. Caso a previsão de 2016 seja perpetuada, o aumento do déficit representa 66,7% a mais em relação ao exercício anterior.

O diretor-geral de Orçamento da Secretaria de Estado de Governo e conselheiro do Comitê de Investimentos da Ageprev, Nelson Tsushima, explica que a queda na arrecadação da pasta é causada pela falta de reposição de servidores, e o valor operante hoje é insuficiente para cobrir as despesas. “O desiquilíbrio é a insuficiência de arrecadação, com aposentadorias precoces, pensionistas e série de motivações”. O diretor ainda esclareceu que o recurso é oriundo do tesouro e de autarquias do governo estadual.

Para 2017, o deficit pode chegar a R$ 900 milhões, com previsão de atingir R$ 1 bilhão em 2018.

O governo do Estado de Mato Grosso do Sul concedeu crédito suplementar total de R$ 469.159.251,00, e além da Ageprev, serão beneficiadas as secretarias de saúde, educação, segurança, entre outras. O orçamento de Mato Grosso do Sul para este ano ficou em torno dos R$ 13 bilhões.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)