Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/12/2005 13:04

Governo de MS depositará 13º entre os dias 15 e 20

Maristela Brunetto e Paulo Fernandes / Campo Grande News

O governador Zeca do PT informou esta manhã, após participar de solenidade do aniversário do Banco do Povo, que o 13º salário dos 62 mil servidores públicos estaduais estará na conta corrente entre os dias 15 e 20 deste mês. A confirmação de verbas federais tirou o Executivo do sufoco para garantir os valores. Até o leilão da folha de pagamento chegou a ser marcado.

Zeca disse esta manhã já ter assegurados R$ 130 milhões, sendo R$ 60 milhões de verbas previdenciárias referentes a despesas da União custeadas com recursos do cofre estadual. Não se trata de parte dos R$ 640 milhões referentes ao Ipemat, fundo de previdência do Mato Grosso uno.

O governador lembrou que com a garantia de receita para quitar o 13º, tornou-se desnecessária a licitação da folha de pagamento. Ontem foi anunciado que o Executivo declinou da idéia e a decisão já foi inclusive publicada hoje no Diário Oficial. Na análise de Zeca, não seria um bom negócio, em função da incerteza que surgiu com a apresentação de uma ação popular contra o leilão da folha.

A liberação das verbas teve ajuda do senador Delcídio do Amaral e do ministro do Planejamento Paulo Bernardo Silva, que foi secretário na primeira gestão de Zeca. Amanhã, o governador e Delcídio detalham as verbas asseguradas com a União. O senador classificou de volumosa a quantia garantida.

Zeca disse ainda que a liberação destas verbas não prejudica o pleito por recursos do Ipemat. Segundo ele, o ministro da Fazenda Antônio Palocci deu a garantia que a negociação será mantida em 2006.

Num cenário otimista, depois de longa movimentação em busca de recursos, Zeca informou que vai deixar o governo com déficit nas contas inferior ao que encontrou quando assumiu o Executivo. Segundo ele, restam R$ 50 milhões a serem quitados nos três primeiros meses de 2006.

Ele deixa o cargo no final de março, seguindo legislação eleitoral, para se preparar para disputar um mandato no Senado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)