Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/12/2004 15:57

Governo considera CFJ caso encerrado

Gabriela Guerreiro e Spensy Pimentel / ABr

Após a decisão da Câmara dos Deputados de arquivar o projeto de lei que cria o Conselho Federal de Jornalismo, o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação de Governo e Gestão Estratégica, Luiz Gushiken, disse que o governo federal considera o assunto encerrado. Segundo o ministro, a sugestão de criar o Conselho ilustrou "como os debates às vezes não são colocados de maneira correta" no país.

Ele reiterou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou o projeto ao Congresso Nacional atendendo a pedido da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj). "A Fenaj dizia que há anos e anos solicitava que o projeto fosse enviado ao Congresso, mas era trancado pelos governos anteriores. Então, o que o presidente da República disse, numa postura democrática, foi: 'vamos pegar esse projeto que vocês querem discutir há tanto tempo e vamos mandar para a Casa que tem que discutir'. Só que o debate foi enviesado", criticou.

Gushiken disse que o governo federal sempre defendeu que as discussões sobre a criação do Conselho ocorressem no âmbito no Legislativo. "O presidente, no intuito de ser democrático, de mandar um projeto que, supunha-se, nascia da vontade dos jornalistas, foi enviado ao Congresso e deu no que deu em matéria de conteúdo. Foi derrotado, não é? O que nós fizemos naquela época foi atender uma demanda dos jornalistas. Já foi arquivado, o assunto está encerrado", resumiu.

Ao fazer um balanço das ações da comunicação estratégica do governo federal em 2004, durante encontro com jornalistas na manhã desta sexta-feira (17), Gushiken ressaltou que o papel do Executivo é assegurar o direito à informação a todos os cidadãos brasileiros. "Isso é um princípio republicano. O cidadão tem direito à informação, o governo tem o dever de informar", afirmou. Na opinião do ministro, a informação corretamente trabalhada é decisiva no "processo civilizatório".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)