Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/09/2011 08:06

Governo brasileiro lamenta morte de estudante africano em Mato Grosso

Roberta Lopes, Agência Brasil

Brasília – O Ministério das Relações Exteriores divulgou nota hoje (24) lamentando a morte do estudante Toni Bernardo da Silva, da Guiné-Bissau, ocorrida em 22 de setembro, em Cuiabá (MT). O estudante veio ao Brasil como bolsista de programa de intercâmbio oferecido pelo governo brasileiro a jovens de países africanos.

Em nome do governo brasileiro, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, apresentou hoje, em Nova York, ao embaixador Adelino Mano Queta, chanceler em exercício da Guiné-Bissau, pedido de desculpas pela violência cometida contra o estudante e informou que as responsabilidades pelo crime serão devidamente apuradas.

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), onde o aluno estudava, informou, por meio de nota, que ele havia se desligado da universidade em fevereiro. Ele cursava economia por meio do Programa Estudante Convênio de Graduação (PEC-G), uma parceria entre os ministérios da Educação e das Relações Exteriores. Ele começou o curso em 2006 e deveria terminar os estudos neste ano.

Segundo a universidade, no ano passado, o aluno apresentou problemas pessoais e dificuldades de estudo, que o levaram à reprovação. A Pró-Reitoria de Ensino de Graduação tentou ajudar Toni Silva na resolução de seus problemas, oferecendo acompanhamento psicológico. Não houve adesão plena do estudante ao acompanhamento oferecido pela UFMT, o que levou ao desligamento dele do programa por causa de mais uma reprovação.

Na próxima segunda-feira (26), será realizado um ato na universidade em repúdio à violência cometida contra o estudante africano. A Polícia Civil de Cuiabá, que investiga o caso, informou que a suspeita é a de que o aluno foi espancado em uma pizzaria por dois policiais, que estavam à paisana no lugar, e por um empresário. Os suspeitos foram indiciados por homicídio doloso e o inquérito deverá ser concluído em dez dias.

A Embaixada da Guiné-Bissau foi comunicada da morte de Toni Silva e solicitou cópia de todos os procedimentos policiais.

Edição: Lana Cristina

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)