Cassilândia, Terça-feira, 16 de Julho de 2019

Últimas Notícias

25/09/2011 08:06

Governo brasileiro lamenta morte de estudante africano em Mato Grosso

Roberta Lopes, Agência Brasil

Brasília – O Ministério das Relações Exteriores divulgou nota hoje (24) lamentando a morte do estudante Toni Bernardo da Silva, da Guiné-Bissau, ocorrida em 22 de setembro, em Cuiabá (MT). O estudante veio ao Brasil como bolsista de programa de intercâmbio oferecido pelo governo brasileiro a jovens de países africanos.

Em nome do governo brasileiro, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, apresentou hoje, em Nova York, ao embaixador Adelino Mano Queta, chanceler em exercício da Guiné-Bissau, pedido de desculpas pela violência cometida contra o estudante e informou que as responsabilidades pelo crime serão devidamente apuradas.

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), onde o aluno estudava, informou, por meio de nota, que ele havia se desligado da universidade em fevereiro. Ele cursava economia por meio do Programa Estudante Convênio de Graduação (PEC-G), uma parceria entre os ministérios da Educação e das Relações Exteriores. Ele começou o curso em 2006 e deveria terminar os estudos neste ano.

Segundo a universidade, no ano passado, o aluno apresentou problemas pessoais e dificuldades de estudo, que o levaram à reprovação. A Pró-Reitoria de Ensino de Graduação tentou ajudar Toni Silva na resolução de seus problemas, oferecendo acompanhamento psicológico. Não houve adesão plena do estudante ao acompanhamento oferecido pela UFMT, o que levou ao desligamento dele do programa por causa de mais uma reprovação.

Na próxima segunda-feira (26), será realizado um ato na universidade em repúdio à violência cometida contra o estudante africano. A Polícia Civil de Cuiabá, que investiga o caso, informou que a suspeita é a de que o aluno foi espancado em uma pizzaria por dois policiais, que estavam à paisana no lugar, e por um empresário. Os suspeitos foram indiciados por homicídio doloso e o inquérito deverá ser concluído em dez dias.

A Embaixada da Guiné-Bissau foi comunicada da morte de Toni Silva e solicitou cópia de todos os procedimentos policiais.

Edição: Lana Cristina

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 16 de Julho de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Segunda, 15 de Julho de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)