Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/05/2006 09:53

Governo aumenta receita com verba que ia para Fundersul

Maristela Brunetto/Campo Grande News

O Governo Estadual suspendeu os efeitos de decreto e a partir de agora recursos referentes à venda de combustíveis que iam para o Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de MS) serão recolhidos como ICMS e irão para os cofres do Estado. No final do ano passado, o governo apresentou o plano do Fundersul para 2006 e previa receita de R$ 122 milhões, incluindo cobrança sobre transporte de grãos e de a pecuária.
Conforme decreto publicado hoje, fica suspensa a eficácia do decreto número 9.744, de dezembro de 1999, e com isso o que entrava para o Fundersul pago pela Petrobras, referente a combustível, agora volta a ser ICMS. O governo estava recebendo 5 centavos por litro do diesel e 4 centavos pelo litro da gasolina.
Na semana passada, o governo informou que suspenderia todas as obras, inclusive as custeadas com verba do Fundersul, para utilizar todas as receitas no pagamento de contas, déficit no custeio. Os cortes nas despesas também incluíram o FIS (Fundo de Investimentos Sociais). Foram mantidos apenas os programas Bolsa Escola e Segurança Alimentar. Emendas parlamentares e verbas para habitação foram cortadas.
As medidas de ajuste devem durar pelo menos três meses.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)