Cassilândia, Quarta-feira, 29 de Março de 2017

Últimas Notícias

01/10/2011 12:07

Governo apoia a cultura musical de bandas e fanfarras

Notícias MS/Karina Lima

O governo do Estado de Mato Grosso do Sul sabe da importância de uma corporação musical para a formação de público e de novos músicos e investe, ano após ano, na aquisição de novos instrumentos musicais.

Em 2007, em uma parceria com a Enersul, o Governo de Mato Grosso do Sul entregou 20 kits para corporações musicais que contemplaram 18 municípios. O projeto de Fomento a Bandas e Fanfarras envolveu recursos federais, provenientes de emenda parlamentar da senadora Marisa Serrano e contrapartida estadual. Os instrumentos, entregues em dezembro do 2009, aumentaram a possibilidade de atendimento aos jovens que queriam participar da Banda. Foram adquiridos e doados 455 instrumentos musicais para 13 municípios, em kits com 35 unidades, entre sopro e percussão.

O objetivo do governo foi de fortalecer as bandas e fanfarras, não apenas como expressão musical brasileira, mas também como agentes culturais que proporcionam formação, capacitação e inclusão social especialmente para a população jovem e de baixa renda. A ação atingiu diretamente cerca de mil pessoas, entre crianças, jovens e adultos participantes das corporações de Água Clara, Amambai, Aquidauana, Aral Moreira, Corguinho, Coronel Sapucaia, Glória de Dourados, Itaporã, Nioaque, Rochedo, Sete Quedas, Sidrolândia e Taquarussu.

Já em dezembro de 2010, 144 instrumentos musicais foram entregues à população por meio do Projeto Opus, contemplado pelo Fundo de Investimentos Culturais (FIC/MS), que beneficiou as corporações musicais do Instituto Ressoarte e Associação Cultural Santa Clara (Anastácio), Associação Sheckinah (Aquidauana), Escola Estadual Castelo Branco (Bela Vista), Escola Estadual Maria Rita de Cássia e Profa. Célia Maria Naglis (Campo Grande), Associação Comunitária e Cultural Shalon (Cassilândia), Escola Estadual Gabriel Vandoni (Corumbá), Associação Cultural Domingos Romero Neto (Guia Lopes da Laguna), Escolas Municipais Porfiria Lopes, Valério Carlos, Olinda Brites, Pedro Aleixo, Natalia Moraes e Escola Estadual Catarina de Abreu (Sidrolândia), Banda Municipal de Porto Murtinho e Escola Estadual Dom Aquino (Três Lagoas).

Para este ano de 2011, o projeto Opus recebeu do FIC R$ 87.800,00 para aquisição de instrumentos que vão ser entregues a mais 15 municípios. Outra boa notícia é que já está em fase de licitação a compra de mais instrumentos na ordem de 200 mil reais com recursos oriundos de emenda parlamentar da senadora Marisa Serrano.

“Participar de Bandas e Fanfarras é um desejo comum nas crianças que, por muitas vezes, não tem outra forma de se aproximar de instrumentos musicais, de aprender a ler uma partitura ou de fazer parte de uma corporação musical. O Estado investe neste setor para contribuir na formação e na cidadania da nossa juventude. As corporações musicais são espaços significativos na abertura de novos horizontes para crianças e adolescentes e servem até mesmo como oportunidades de formação profissional”, enaltece Edilson Aspet, Gerente do FIC.

Formação de Público

Com o circuito sul-mato-grossense de Bandas e Fanfarras, o Estado difunde a cultura sul-mato-grossense implementada nas corporações musicais e proporciona aos instrumentistas, balizas e corpos coreográficos a oportunidade de se apresentarem em eventos intermunicipais, promovendo assim o aprimoramento técnico, o intercâmbio entre os participantes, divulgação das corporações e a oportunidade de crianças, adolescentes e jovens conhecerem diferentes culturas em outros municípios.

Neste ano de 2011 o circuito já se apresentou em Paranhos, Porto Murtinho, Corguinho e Ribas do Rio Pardo. O evento, que conta com a participação direta de aproximadamente 800 integrantes entre músicos, grupos coreográficos, regentes e dirigentes, tem um publico aproximado de 1.200 pessoas por etapa do circuito.

Já pelo 5º Festival Sul-Mato-Grossense de Bandas e Fanfarras, projeto aprovado pelo FIC e que teve o patrocínio estadual de 50 mil reais, que aconteceu em Anastácio nos dias 17 e 18 de setembro, 52 corporações de 28 municípios levaram para os dois dias de evento mais de 10 mil pessoas para prestigiar o Festival.

“Este número expressivo de participantes e de público demonstra claramente que o governo acerta em investir, de forma constante, na aquisição de novos instrumentos e no fortalecimento da cultura musical das bandas e fanfarras”, frisa Américo Calheiros, presidente da FCMS.

Rodrigo Ostemberg

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 28 de Março de 2017
21:41
Loteria
06:10
Loterias
Segunda, 27 de Março de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)