Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/10/2011 12:07

Governo apoia a cultura musical de bandas e fanfarras

Notícias MS/Karina Lima

O governo do Estado de Mato Grosso do Sul sabe da importância de uma corporação musical para a formação de público e de novos músicos e investe, ano após ano, na aquisição de novos instrumentos musicais.

Em 2007, em uma parceria com a Enersul, o Governo de Mato Grosso do Sul entregou 20 kits para corporações musicais que contemplaram 18 municípios. O projeto de Fomento a Bandas e Fanfarras envolveu recursos federais, provenientes de emenda parlamentar da senadora Marisa Serrano e contrapartida estadual. Os instrumentos, entregues em dezembro do 2009, aumentaram a possibilidade de atendimento aos jovens que queriam participar da Banda. Foram adquiridos e doados 455 instrumentos musicais para 13 municípios, em kits com 35 unidades, entre sopro e percussão.

O objetivo do governo foi de fortalecer as bandas e fanfarras, não apenas como expressão musical brasileira, mas também como agentes culturais que proporcionam formação, capacitação e inclusão social especialmente para a população jovem e de baixa renda. A ação atingiu diretamente cerca de mil pessoas, entre crianças, jovens e adultos participantes das corporações de Água Clara, Amambai, Aquidauana, Aral Moreira, Corguinho, Coronel Sapucaia, Glória de Dourados, Itaporã, Nioaque, Rochedo, Sete Quedas, Sidrolândia e Taquarussu.

Já em dezembro de 2010, 144 instrumentos musicais foram entregues à população por meio do Projeto Opus, contemplado pelo Fundo de Investimentos Culturais (FIC/MS), que beneficiou as corporações musicais do Instituto Ressoarte e Associação Cultural Santa Clara (Anastácio), Associação Sheckinah (Aquidauana), Escola Estadual Castelo Branco (Bela Vista), Escola Estadual Maria Rita de Cássia e Profa. Célia Maria Naglis (Campo Grande), Associação Comunitária e Cultural Shalon (Cassilândia), Escola Estadual Gabriel Vandoni (Corumbá), Associação Cultural Domingos Romero Neto (Guia Lopes da Laguna), Escolas Municipais Porfiria Lopes, Valério Carlos, Olinda Brites, Pedro Aleixo, Natalia Moraes e Escola Estadual Catarina de Abreu (Sidrolândia), Banda Municipal de Porto Murtinho e Escola Estadual Dom Aquino (Três Lagoas).

Para este ano de 2011, o projeto Opus recebeu do FIC R$ 87.800,00 para aquisição de instrumentos que vão ser entregues a mais 15 municípios. Outra boa notícia é que já está em fase de licitação a compra de mais instrumentos na ordem de 200 mil reais com recursos oriundos de emenda parlamentar da senadora Marisa Serrano.

“Participar de Bandas e Fanfarras é um desejo comum nas crianças que, por muitas vezes, não tem outra forma de se aproximar de instrumentos musicais, de aprender a ler uma partitura ou de fazer parte de uma corporação musical. O Estado investe neste setor para contribuir na formação e na cidadania da nossa juventude. As corporações musicais são espaços significativos na abertura de novos horizontes para crianças e adolescentes e servem até mesmo como oportunidades de formação profissional”, enaltece Edilson Aspet, Gerente do FIC.

Formação de Público

Com o circuito sul-mato-grossense de Bandas e Fanfarras, o Estado difunde a cultura sul-mato-grossense implementada nas corporações musicais e proporciona aos instrumentistas, balizas e corpos coreográficos a oportunidade de se apresentarem em eventos intermunicipais, promovendo assim o aprimoramento técnico, o intercâmbio entre os participantes, divulgação das corporações e a oportunidade de crianças, adolescentes e jovens conhecerem diferentes culturas em outros municípios.

Neste ano de 2011 o circuito já se apresentou em Paranhos, Porto Murtinho, Corguinho e Ribas do Rio Pardo. O evento, que conta com a participação direta de aproximadamente 800 integrantes entre músicos, grupos coreográficos, regentes e dirigentes, tem um publico aproximado de 1.200 pessoas por etapa do circuito.

Já pelo 5º Festival Sul-Mato-Grossense de Bandas e Fanfarras, projeto aprovado pelo FIC e que teve o patrocínio estadual de 50 mil reais, que aconteceu em Anastácio nos dias 17 e 18 de setembro, 52 corporações de 28 municípios levaram para os dois dias de evento mais de 10 mil pessoas para prestigiar o Festival.

“Este número expressivo de participantes e de público demonstra claramente que o governo acerta em investir, de forma constante, na aquisição de novos instrumentos e no fortalecimento da cultura musical das bandas e fanfarras”, frisa Américo Calheiros, presidente da FCMS.

Rodrigo Ostemberg

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)