Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

13/05/2004 15:11

Governo anuncia criação de 100 mil vagas para o Peti

Ângela Kempfer / Campo Grande News

Ainda este ano o governo federal deve abrir 100 mil novas vagas para inserção de crianças que trabalham em atividades perigosas no Peti (Programa Nacional de Erradicação do trabalho Infantil). As bolsas devem ser distribuídas pelo país já a partir de julho, informou hoje a assessoria de Comunicação do Ministério do Desenvolvimento Social. A ampliação não era esperada para 2004 e já havia sido inclusive descartada pelo governo federal.
Atualmente cerca de 811 mil crianças são atendidas pelo programa, tanto nas áreas rurais quanto urbanas. As famílias que têm filhos entre sete e 15 anos, envolvidos em tarefas insalubres e penosas, recebem uma bolsa de R$ 40 na cidade e R$ 20 na zona rural. Em contrapartida, os pais se compromete a tirar s filhos do trabalho e matriculá-las na escola.
Pelo menos 2.185 crianças de Mato Grosso do Sul estão na fila a espera por uma bolsa do Peti, conforme levantamento de 2003. Para cada município foi destinada uma cota de benefícios, mas na maioria deles a procura foi muito maior que a quantidade definida pelo governo federal. Em Mato Grosso do Sul, o programa deixou de fora crianças de 41 municípios. Para atender completamente a demanda seriam necessárias mais 1.720 bolsas para área urbana e 465 para zona rural. No ano passado, o maior problema ocorreu em Aral Moreira, onde a procura foi 67% maior que a oferta. A cidade tinha a disposição 371 benefícios, mas 621 crianças se cadastraram para o Peti.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)