Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/01/2005 09:21

Governo amplia uso do cartão corporativo

Carolina Pimentel/ABr

O uso do cartão corporativo – dos servidores da administração pública federal - foi ampliado e ganhou novas regras. O decreto com a ampliação foi publicado ontem (26) no Diário Oficial da União e,dDe acordo com o Ministério do Planejamento, as mudanças vão dar mais transparência à utilização do cartão.

O decreto define que o cartão poderá ser utilizado para pagamento de diárias, passagens áereas, compra de materiais e pequenos serviços, como chaveiro. Outra regra é que o usuário terá que justificar saques em dinheiro com o cartão.

A idéia do governo é também substituir as cerca de 30 mil contas de suprimento de fundos usadas para pagamento de pequenos serviços e materiais "que não sejam de uso permanente" pelos cartões – que permitem um controle detalhado das despesas e reduzem a burocracia nos gastos da gestão pública. Até o final do ano, a meta do Ministério é que 15 mil contas migrem para o cartão.

Sobre o fato de as despesas dos cartões de crédito corporativos da Presidência da República não serem divulgadas em geral, o Gabinete de Segurança Institucional, em nota de nove de dezembro de 2003, explicou que o sigilo é uma medida de segurança para as autoridades que usam o cartão.

"No tocante á Segurança Presidencial, os assuntos revertem-se de especial cautela, pois, a simples informação sobre compra de alimentos poderá aferir o número de pessoas que serão alimentadas ou o tipo de consumo alimentar capaz de ser atingido por atos de terrorismo", diz a nota.

"Vale destacar, também, que nem sequer valores nominais globais discriminados por natureza de despesas devem ser divulgados. Isso porque, insista-se, o valor global do gasto com munição, alimentação, hospedagem e deslocamento – por exemplo – presta-se á mensuração do contingente de homens envolvidos na segurança presidencial. Tal dado, por sua significação estratégica não pode ser levado a conhecimento público", continua a nota.

Com informações do Ministério do Planejamento

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)