Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/10/2007 13:54

Governo ainda não usou verba do Fundersul este ano

Maristela Brunetto e Fernanda Mathias - Campo Grande News

O governo estadual ainda não investiu recursos do Fundersul neste ano para a recuperação de estradas e pontes. O tributo é cobrado de produtores por grãos e animais transportados. Em reunião com agropecuaristas esta manhã, na sede da Famasul, o secretário de Obras Edson Giroto, prometeu o início da destinação em novembro.

Segundo ele, o fundo deve fechar o ano com receita de R$ 65 milhões, porém serão gastos este ano R$ 35 milhões em vias não pavimentadas e R$ 6 milhões em pontes. A condição destas foi motivo de uma série de queixas a Giroto. Produtores apontam a precariedade e o risco de desabar, uma vez que algumas são muito velhas.

Conforme ele, a partir de 2008 o governo pretende substituir as pontes pelas de concreto. Giroto justificou aos produtores que o dinheiro do fundo não foi investido porque por conta das dificuldades do início do novo governo. Ele chegou a citar a precariedade em unidades da Agesul no interior, apontando a falta de informatização, que deve ser resolvida até 2008.

O secretário informou que a malha estadual tem 12,5 mil quilômetrois de vias não pavimentadas, 3,3 mil pavimentadas e 21 quilômetros de pontes, somando 1080 unidades.

Hoje cedo, o governador André Puccinelli comentou brevemente a cobrança de produtores, dizendo que a Secretaria de Fazenda está aberta para revelar dados ao setor.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)