Cassilândia, Quinta-feira, 26 de Abril de 2018

Últimas Notícias

22/12/2005 16:00

Governo ainda não tem recurso para pagar restante do 13%

João Prestes / Campo Grande News

O governo do Estado ainda aguarda o desenrolar das negociações, em Brasília, que podem assegurar os recursos necessários para quitar o restante do 13º salário do funcionalismo público. Na terça-feira, dia 20, foi liberada parcela de 75% do valor do 13º de cada servidor, totalizando montante de R$ 65 milhões conseguidos junto ao Banco do Brasil, relativo ao contrato para administração das contas correntes do governo.

Os 25% restantes – que compreendem R$ 21 milhões, segundo o secretário de Gestão Pública, Ronaldo Franco – deveriam ser pagos até amanhã, 23, último dia útil antes do Natal. Mas para isso o governo conta com os recursos do ressarcimento de pagamentos de aposentados e pensionistas do antigo Ipemat (Instituto de Previdência de Mato Grosso) por parte do governo federal. “Estamos aguardando uma definição de Brasília”, disse Franco.

A Medida Provisória abrindo dotação orçamentária foi publicada na sexta-feira, dia 16, no Diário Oficial da União, prevendo repassar R$ 61 milhões a Mato Grosso do Sul e R$ 69 milhões a Mato Grosso. Faltava assinar o convênio, publicar o extrato para o Ministério da Fazenda poder repassar os recursos. Os contatos em Brasília estavam a cargo do senador Delcídio do Amaral.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 25 de Abril de 2018
Terça, 24 de Abril de 2018
Segunda, 23 de Abril de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)