Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/10/2012 17:30

Governador recebe Fetems e avança nas negociações

Luciana Bomfim, noticias ms
Edemir RodriguesEdemir Rodrigues

Campo Grande (MS) – O governador André Puccinelli recebeu nesta segunda-feira (15) o presidente da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), Roberto Magno Botareli, juntamente com o presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Roberto Leão e dirigentes da categoria para negociar revindicações feitas pelos professores do Estado.

O governador se propôs a liderar a negociação junto aos governadores dos seis Estados (Mato Grosso do Sul, Goiás, Piauí, Rio Grande do Sul, Roraima e Santa Catarina) que questionaram a Lei do Piso, no Supremo Tribunal Federal, por meio de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIn), para amenizar a medida e dar prosseguimento as negociações do piso dos professores.
“Vou liderar este movimento com os governadores, mas é preciso que o governo federal priorize Estados e municípios que têm cumprido a lei do piso como é o caso de Mato Grosso do Sul, de forma consensual”, ressaltou Puccinelli.

De acordo com o presidente da Fetems, Roberto Botareli, as negociações tiveram avanços e o governador mostrou consenso da maioria das revindicações propostas pela categoria. Dentre as solicitações estão a realização de concurso público para professores e servidores administrativos a ser realizado em 2012, a promoção funcional, construção de uma política salarial para 2013 e 2014 nos termos da proposta da confederação que representa os professores, além de incorporar a luta da CNTE a favor da queda da ADIn.
Para definir um novo cálculo para corrigir o piso a CNTE defende o cumprimento da lei e também é contrária à proposta que tramita na Câmara dos Deputados que altera o cálculo do reajuste. Defendida pelos Estados, o projeto prevê a correção com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).
Pelas regras defendidas pelos professores, o piso deve ser reajustado anualmente a partir de janeiro, tendo como critério o crescimento do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) com reajustes baseados nos índices da inflação, acrescido de 50% do Fundeb.
A hora-atividade ainda será discutida pela direção da entidade representativa, em assembléia com os professores nesta terça-feira (16), às 14 horas, no auditório da Fetems, na Capital. “Esta assembléia vai proporcionar à diretoria uma maior autonomia para que possamos aceitar as negociações com o governo. Mesmo assim já tivemos avanços significativos nas propostas do governador”, concluiu o presidente da Fetems.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)