Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/11/2013 16:01

Governador libera R$ 11 milhões em emendas parlamentares

Luciana Brazil e Leonardo Rocha, Campo Grande News

O governador André Pucinelli (PMDB) liberou hoje (27), durante solenidade na Assembleia Legislativa, R$ 11, 3 milhões em emendas parlamentares que serão destinadas à saúde e transferidas a 64 municípios do Estado. A verba será usada na compra de materiais, equipamentos, medicamentos, veículos para hospitais e na implantação de academias ao ar livre.

Cada deputado apresentou R$ 800 mil em emendas. O valor multiplicado por 24 parlamentares totaliza R$ 19, 2 milhões. Dos R$ 11, 3 milhões liberados hoje, R$ 1,2 milhões foi destinado às entidades do Estado.

Pucinelli afirmou que espera entregar o restante do recurso, os R$ 8 milhões, antes do Natal. Essa verba será destinada à educação e assistencial social.

O governador relembrou o primeiro ano de mandato, quando os deputados recebiam R$ 500 mil em emendas. “No segundo ano passamos para R$ 600 mil, no terceiro para R$ 700 mil e no quarto para R$ 800 mil. Agora estamos no sétimo ano e continuamos com R$ 800 mil. Quem sabe chegamos a R$ 1 milhão no próximo ano. Vamos trabalhar para isso”, afirmou.

A demora na transferência das emendas, conforme Pucinelli, se deu por conta da burocracia. “Precisamos achar um meio jurídico para fazer o repasse”.

O deputado Junior Mochi (PMDB) ressaltou que, apesar das quantias serem pequenas para cada município e instituições, o valor faz a diferença no dia a dia das prefeituras. Mesmo que um local receba R$ 50 mil, a quantia vai ajudar nas demandas.

“No fim o cidadão que está na ponta do processo será atendido. Ainda é pouco, precisamos de mais. Porém é assim que fazemos a nossa parte”.

Almejando valores ainda maiores para as emendas, o deputado Rinaldo Modesto (PSDB) afirmou que o dobro do valor atual seria ainda melhor no aporte aos municípios.

“Eu gostaria que aumentasse para R$ 1 milhão para cada deputado. Ou até mesmo que subisse para R$ 1,6 milhão, o dobro. Não conseguimos atender a demanda que existe, mas sempre damos um jeito de ajudar a todos”.

Representando as entidades, o coordenado da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), Rodrigo Lucchesi Cordeiro, lembrou que são atendidas três mil crianças por mês. A emenda segundo ele vai ajudar, principalmente no transporte das crianças. “Esta ajuda traz qualidade de vida para as pessoas e estrutura para a instituição que necessitam da contribuição do poder público”.

O governador afirmou que deverá arrecadar cerca de R$ 120 milhões para terminar seu mandato em 2014, com as contas zeradas, sem dívidas. “Para isso vou fazer um estudo, um planejamento para ver se conseguimos chegar a um milhão para as emendas”.


Prefeitos: Para o prefeito de Caracol, Manoel Viais (PT), todas as emendas dos deputados serão bem vindas. “A princípio o dinheiro é pouco, mas as emendas servirão para transportar os pacientes com mais qualidade para Capital”.
Além das emendas, ele espera que o governador continue dando aporte para a saúde do município, além dos benefícios oriundos do programa MS Forte.

Darcy Freire (PSDB) prefeito de Douradina, a 196 km de Campo Grande, recebeu R$ 175 mil em emendas parlamentares.

Segundo ele, a verba será usada para a “compra de ambulância, compra de carros que serão usados na assistência social e também na compra de veículos para saúde”. Ele afirmou que o dinheiro será usado também para a montagem de academias ao ar livre. “Essa ajuda vai reforçar muito o transporte no município.”

A cidade de Rio Verde recebeu R$ 80 mil, que segundo o prefeito Mario Kruger (PT), serão investidos em medicamentos e equipamentos. “Em uma cidade pobre como a minha, qualquer ajuda já faz diferença. Não somos sonhadores em querermos um montante alto. Somos realistas com o recurso que recebemos”.

O prefeito aproveitou para criticar alguns deputados. “Alguns deputados, que foram muito bem votados em Rio Verde, um deles teve até 900 votos, não enviou emenda para o município. Por isso sou a favor do voto distrital”.

Os municípios beneficiados com o repasse do montante que é proveniente de emendas parlamentares são: Água Clara, Alcinópolis, Amambai, Angélica, Antonio João, Aparecida do Taboado, Bataguassu, Batayporã, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Brasilândia, Caarapó, Camapuã, Caracol, Chapadão do Sul, Corguinho, Coronel Sapucaia, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Dourados, Eldorado, Fátima do Sul, Figueirão, Glória de Dourados, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jaraguari, Jateí, Ladário, Laguna Carapã, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranaíba, Paranhos, Ponta Porã, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, Santa Rita do Pardo, São Gabriel do Oeste, Sete Quedas, Sidrolândia, Sonora, Tacuru, Taquarussu, Terenos e Vicentina.

Gostaria de saber do senhor prefeito o porquê Cassilândia, tão necessitada na área da saúde e em todas as outras, ficou de fora destes recursos repassados a quase todas as cidades?
 
Maria Dias em 27/11/2013 18:42:18
Parabéns Cassilândia pelo visto não recebeu nada... viva todos deputados que tiverem votos ai.
 
andre em 27/11/2013 16:51:17
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)