Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/01/2015 16:35

Governador diz que irá avaliar formas de conceder reajuste aos professores

Michel Faustino, Campo Grande News

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) declarou na tarde desta segunda-feira (12) durante visita ao Hospital Regional Rosa Pedrossian, na Capital, que pretende estudar alternativas para conceder o reajuste salarial aos professores da Rede Estadual de ensino. Segundo Azambuja, o reajuste está condicionado a disponibilidade financeira do Estado.

Reinaldo disse que pretende sentar nos próximos dias com a categoria para discutir a viabilidade do reajuste estimado em 25,42%, válido a partir de janeiro. Segundo ele, é necessário analisar o quando isso irá impactar diretamente nos cofres do governo e de que maneira será possível ser concedido.

"A minha vontade é conceder o reajuste. E eu sempre disse que uma das formas de melhorar a educação é valorizar os profissionais e é questão de prioridade, mas temos que ver como iremos fazer isso", disse.

Azambuja voltou a criticar o seu antecessor André Puccinelli (PMDB) em decorrência da concessão do reajuste através da lei sancionada em dezembro de 2013. “É muito fácil fazer lei e sair de bonzinho e jogar para o próximo governo pagar. Agora teremos que ver a viabilidade de cumprir este e outros dividendos que estão no pacote de bondades dele (André)”, ponderou.

Conforme dados da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), em Mato Grosso do Sul são 20 mil professores e 366 escolas. O piso salarial profissional nacional do magistério público é de R$ 1.917,78 – levado em conta o reajuste feito neste ano.

ImprimirImprimir

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)