Cassilândia, Quinta-feira, 30 de Março de 2017

Últimas Notícias

28/05/2007 08:01

Governador de MT determina apuração rigorosa por morte

Stênio Ribeiro/ABr

Brasília - O governador do Mato Grosso, Blairo Maggi, determinou apuração rigorosa, com responsabilização dos culpados, pela morte de um garoto de 13 anos anteontem (26), na cidade de Rondonópolis, a 210 quilômetros de Cuiabá. A informação foi dada ontem (27) à Agência Brasil pelo assessor de Comunicação Social da Polícia Militar do Mato Grosso, Alberto de Barros Neves.

Ele disse que a Polícia Civil e a Corregedoria Geral da PM instauraram inquéritos ontem mesmo, quando foram ouvidos os sete praças e um tenente, integrantes do Grupo de Operações Especiais (GOE) que fez demonstração de exercícios policiais anti-seqüestro, com resultado fatal.

O major Barros disse ainda que a investigação está sendo acompanhada pelo Ministério Público e que o comandante da PM,coronel Campos Filho, determinou que as armas dos oito integrantes do GOE fossem recolhidas. O assessor não soube informar, porém, quando sairá o resultado da perícia. Mas, segundo ele, o prazo regulamentar para esse tipo de exame é de 30 dias.

Na avaliação do militar "houve um erro, com alguém usando munições reais, ao invés de balas de festim, como é comum nessas operações", explicou.

A simulação de seqüestro com resgate de vítimas provocou a morte do garoto Luís Henrique Dias Bulhões e deixou pessoas feridas. Segundo o assessor da PM, nove vítimas foram internadas, das quais cinco já tiveram alta e quatro permanecem hospitalizadas.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 30 de Março de 2017
Quarta, 29 de Março de 2017
20:34
Loteria
Terça, 28 de Março de 2017
21:41
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)