Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

28/05/2007 08:01

Governador de MT determina apuração rigorosa por morte

Stênio Ribeiro/ABr

Brasília - O governador do Mato Grosso, Blairo Maggi, determinou apuração rigorosa, com responsabilização dos culpados, pela morte de um garoto de 13 anos anteontem (26), na cidade de Rondonópolis, a 210 quilômetros de Cuiabá. A informação foi dada ontem (27) à Agência Brasil pelo assessor de Comunicação Social da Polícia Militar do Mato Grosso, Alberto de Barros Neves.

Ele disse que a Polícia Civil e a Corregedoria Geral da PM instauraram inquéritos ontem mesmo, quando foram ouvidos os sete praças e um tenente, integrantes do Grupo de Operações Especiais (GOE) que fez demonstração de exercícios policiais anti-seqüestro, com resultado fatal.

O major Barros disse ainda que a investigação está sendo acompanhada pelo Ministério Público e que o comandante da PM,coronel Campos Filho, determinou que as armas dos oito integrantes do GOE fossem recolhidas. O assessor não soube informar, porém, quando sairá o resultado da perícia. Mas, segundo ele, o prazo regulamentar para esse tipo de exame é de 30 dias.

Na avaliação do militar "houve um erro, com alguém usando munições reais, ao invés de balas de festim, como é comum nessas operações", explicou.

A simulação de seqüestro com resgate de vítimas provocou a morte do garoto Luís Henrique Dias Bulhões e deixou pessoas feridas. Segundo o assessor da PM, nove vítimas foram internadas, das quais cinco já tiveram alta e quatro permanecem hospitalizadas.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)