Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/03/2016 06:20

Governador assina termo para implantação de tornozeleiras eletrônicas

Midiamax

 

O vice-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, o desembargador Paschoal Carmello Leandro, desembargador João Maria Lós e o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assinaram o termo de cooperação técnica que regulamenta o uso de tornozeleiras eletrônicas em presos provisórios e condenados no Estado de Mato Grosso do Sul.

O termo de cooperação foi celebrado entre o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Governo do Estado e a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário).

Na ocasião também foi assinado o decreto de criação da Unidade Mista de Monitoramento Virtual Estadual. “O projeto é uma iniciativa importante na ressocialização do ser humano, pois permitirá, por exemplo, que um preso que cometeu o crime apenas uma vez e desde que o delito seja de menor potencial ofensivo, possa trabalhar e estar no convívio do seio familiar, isso sem contar na economia para os cofres públicos”, ressaltou o desembargador Paschoal Carmello Leandro.

De acordo com o Governo do Estado, o objetivo é de reduzir os gastos no sistema penitenciário, além de diminuir a superlotação nos presídios. De início, as tornozeleiras serão utilizadas em presos provisórios da capital que cometeram crimes de menor potencial.

Segundo o secretário Silvio Maluf, o objetivo é utilizar esse sistema também com os presos condenados. “Hoje o Estado possui 130 tornozeleiras disponíveis, mas a capacidade de utilização é ilimitada”, destacou o secretário.

De acordo com o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa, esse tipo de atividade é a criação de um presídio virtual, onde os presos serão acompanhando via GPS em qualquer parte do Estado.

A tornozeleira permitirá o controle em tempo real, com os locais e horários frequentados pelos presos monitorados. Caso ocorra o desvio do itinerário permitido ou no caso de rompimento do lacre da tornozeleira, é acionado um alarme na Central de Monitoramento, que deslocará uma viatura até o local. Se isso ocorrer, o juiz também será comunicado para a adoção das medidas cabíveis.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)