Cassilândia, Segunda-feira, 08 de Março de 2021

Últimas Notícias

23/01/2021 11:00

Google encerra projeto de balões satélites que caíram em MS

Dois balões satélites caíram em fazendas do interior de MS em janeiro deste ano

Midiamax
Balão satélite achado em fazenda de Anaurilândia (Foto: Reprodução/Twitter)Balão satélite achado em fazenda de Anaurilândia (Foto: Reprodução/Twitter)

Após despertarem curiosidade, balões satélites que caíram em fazendas do interior de Mato Grosso do Sul serão desativados. Na última quinta-feira (21), o Google anunciou o cancelamento do Projeto Loon, que levava internet a regiões que não possuíam conectividade.

No Estado, dois balões pousaram em fazendas de Anaurilândia e Paraíso das Águas. Os equipamentos caíram em janeiro e não causaram nenhum dano, pois, o pouso é controlado e programado.

“De acordo com os procedimentos de pouso de Loon, um paraquedas foi lançado e o balão foi derrubado a uma velocidade relativamente baixa em uma área isolada”, informou a comunicação. O anúncio do cancelamento do projeto foi feito pelo Laboratório X, programa do Google que o Projeto Loon participou em 2013.

No mesmo ano foram lançados os primeiros balões, na Nova Zelândia. Os balões, que caíram no MS, são feitos de polietileno. Para voar, utilizam gás hélio e o balão possui o tamanho de uma quadra de tênis. Eles são movidos por energia de painéis solares e controlados por um programa de inteligência artificial.

“Apesar das conquistas técnicas inovadoras da equipe, o caminho para a viabilidade comercial se provou muito mais longo e arriscado do que o esperado – então, tomamos a difícil decisão de fechar Loon”, publicou o Laboratório X. A equipe do Google afirmou que o projeto conseguiu ter sucesso no principal objetivo: conectar os desconectados.

Embora seja efetivo, o projeto acabou ficando com o plano de custos inviável. Por fim, o Google afirmou que apesar de fechado, a equipe do Loon irá continuar investindo na conectividade de comunidades. “Estamos prometendo um fundo de 10 milhões de dólares para apoiar organizações sem fins lucrativos e empresas com foco em conectividade, internet, empreendedorismo e educação no Quênia”.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 08 de Março de 2021
Domingo, 07 de Março de 2021
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)