Cassilândia, Terça-feira, 17 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

31/08/2016 10:20

Google e Waze ampliam teste de rival do Uber nos EUA

Correio do Estado

 

O Google se prepara para entrar na seara do Uber usando um de seus aplicativos mais populares, o Waze.

Entretanto, em vez de permitir que os usuários contratem motorista comuns para levá-los a qualquer lugar, no sistema seria possível apenas pegar carona com alguém que esteja indo para o mesmo caminho. A intermediação é feita pelo aplicativo de mapas, que o Google comprou em 2013.

De acordo com o jornal "The Wall Street Journal", a empresa planeja iniciar os testes em San Francisco ainda neste ano -desde março, estão sendo feitos testes na Califórnia com funcionários de empresas específicas, e agora o projeto deve ser ampliado.

A companhia diz que vai fazer com que as tarifas pagas aos motoristas sejam baixas o suficiente para não encorajar que os usuários se tornem motoristas em tempo integral, como acontece com o Uber. Durante os testes, os motoristas estão recebendo US$ 0,54 por milha (ou R$ 1,10 por km), menos do que oferecido por rivais como Uber e Lyft.

No período de testes, os motoristas podiam fazer apenas duas viagens por dia -assim, apenas trabalhariam para o serviço na ida ou na volta de casa.

Não seria o primeiro ponto de colisão entre Google e Uber (ambas as empresas trabalham, por exemplo, na criação de carros autônomos, que se dirigem sozinhos).

Nesta segunda-feira (29), foi anunciado que David Drummond, executivo da Alphabet (controladora do Google), deixou de ser membro do conselho de administração do Uber. estava no posto desde 2013, quando o fundo de capital de risco da holding, o Google Ventures, investiu R$ 250 milhões na empresa de transportes.

O motivo foi a "sobreposição" entre os negócios das duas companhias.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 17 de Janeiro de 2017
Segunda, 16 de Janeiro de 2017
10:04
Coluna da juíza Luciane Buriasco Isquerdo
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Domingo, 15 de Janeiro de 2017
12:53
Cassilândia
10:50
Loterias
10:40
Loterias
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)