Cassilândia, Segunda-feira, 22 de Abril de 2019

Últimas Notícias

04/02/2019 16:00

Google adianta fim de sua rede social, mas (quase) ninguém está ligando

O Google+ deve ser desativado no dia 2 de abril e os usuários podem fazer o download e salvar o conteúdo

Campo Grande News

Google+ chegou a ser aclamado como a rede social que iria bombar, depois do Facebook, mas o sucesso nunca chegou. Depois de 7 anos, a empresa anuncia o fim de mais uma de suas iniciativas, que via acontecer no dia 2 de abril.

Pode ser que alguns não saibam, mas praticamente todos os usuários do GMail tem uma conta do Google+, devido a facilidade da sua criação através do serviço de email do Google. Entretanto usá-la é uma coisa bem diferente e este foi um dos motivos que levou a empresa de tecnologia desistir de sua rede social.

“Embora nossas equipes de engenharia tenham dedicado muito esforço e dedicação à criação do Google+ ao longo dos anos, ela não alcançou ampla adoção de consumidores ou desenvolvedores e viu uma interação limitada do usuário com aplicativos . Atualmente, a versão do consumidor do Google+ tem baixo uso e engajamento: 90% das sessões dos usuários do Google+ são menos de cinco segundos”, anunciou a empresa em comunicado de outubro do ano passado.

À época, a intenção era finalizar o serviço apenas em agosto de 2019, porém a empresa decidiu adiantar a data depois que uma falha de segurança expôs dados de cerca de 500 mil usuários. Devido ao bug, dados de campos do perfil eram compartilhados com usuários, mesmo em perfis não marcados como públicos.

“Com a descoberta desse novo bug, decidimos agilizar o encerramento de todas as APIs do Google+. Isso ocorrerá nos próximos 90 dias. Além disso, também decidimos acelerar o término do Google+ de agosto de 2019 para abril de 2019. Embora reconheçamos que há implicações para os desenvolvedores, queremos garantir a proteção de nossos usuários”, disse nota divulgada em dezembro.

Todos que têm uma conta do Google+ ou gerenciam uma página na rede social receberam um email informativo da Google. Nele, o usuário é instruído, entre outras coisas, a como fazer o download e salvar o conteúdo compartilhado. Para saber como proceder, clique aqui.

O Google+ deve se tornar uma rede social corporativa, para interação entre funcionários de empresas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 22 de Abril de 2019
10:00
Receita do dia
Domingo, 21 de Abril de 2019
09:00
Santo do dia
Sábado, 20 de Abril de 2019
09:00
Santo do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)