Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

13/03/2007 19:08

Golpe do falso sequestro: Caminhos do desespero

Portal do Governo do Estado de São Paulo

• Episódio 1: Um cidadão de São Paulo procura uma delegacia para lavrar boletim de ocorrência sobre golpe sofrido há 15 dias, quando havia pago o resgate para o bandido “soltar” seu filho. Detalhe: a vítima não tem filhos. Deu o dinheiro apenas para salvar a vida de alguém que não conhecia.

• Episódio 2: Duas situações semelhantes, publicadas com estardalhaço na imprensa. Em casos separados, duas senhoras, também de São Paulo, saem de casa rumo ao Rio de Janeiro para pagar o resgate de suposto seqüestro. Uma delas é encontrada pelo filho no aeroporto, antes de embarcar no avião. A outra chega ao seu destino.

• Episódio 3: Trrimmm! Um adolescente atende o telefone e os bandidos anunciam que sua mãe está em poder deles. Ordenam que o rapaz leve jóias da mãe a determinado local, onde alguém recebe o resgate e lhe diz que deve se hospedar num hotel por um dia inteiro e não se comunicar com ninguém. Sua mãe seria libertada no dia seguinte. Sem nada saber, a senhora volta de seu compromisso, depois da ligação do bandido, e não encontra o filho em casa. Desesperada, procura pelo jovem em todos os lugares possíveis, sem encontrá-lo. Na manhã seguinte, o garoto deixa o hotel e volta para casa.

• Episódio 4: Uma cabeleireira recebe ligação de um homem que exige crédito em celular, sob ameaça de incendiar ou roubar seu salão. Desesperada, liga para o marido, que deixa seu trabalho para socorrê-la. As negociações se sucedem por horas até que o marido perde a paciência, xinga o bandido e ainda lhe passa um sermão antes de desligar o telefone. Nada acontece.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)