Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/11/2005 16:14

GO: Mantidas barreiras contra aftosa

Agência Goiana de Comunicação

A comissão estadual de Emergência Sanitária mantém a proibição de entrada de animais vivos suscetíveis à febre aftosa, produtos e subprodutos vindos de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul. A decisão foi tomada hoje durante reunião com o secretário da Agricultura, Roberto Balestra. A comissão apresentou um relato das últimas ações desenvolvidas para prevenir a doença.

Eldorado, município sul-matogrossense, tem casos comprovados da febre aftosa enquanto que São Paulo e Paraná são monitorados com suspeitas da doença. Segundo Roberto Balestra, a decisão de manter as portarias visa garantir a segurança sanitária do rebanho goiano, mesmo com o Ministério da Agricultura permitindo o trânsito de animais. “Achamos por bem agir assim porque até o leilões estão proibidos dentro de Goiás durante o período de vacinação contra a febre aftosa”, diz.

O presidente da Agrodefesa, Maurício Faria, afirmou que a preocupação é reforçar as barreiras nas fronteiras de Goiás. “A euforia do mercado pode estimular a entrada ilegal de gado”, afirmou, lembrando que a arroba do boi subiu cerca de 10%, chegando a R$ 55 em Goiás, contra os R$ 49, pagos no Mato Grosso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)