Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

04/04/2013 06:47

Giroto reassume Secretaria de Obras para garantir agilidade de projetos

Noticias MS

Campo Grande (MS) – O governador André Puccinelli anunciou nesta quarta-feira, em Campo Grande, que a decisão de fazer o deputado federal Edson Giroto ocupar novamente o cargo de secretário de Obras Públicas e de Transportes visa reforçar a equipe técnica do Governo do Estado para garantir que os recursos conquistados junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social para os projetos do BNDES Estados sejam executados e liberados com agilidade.

A perspectiva do governador André Puccinelli é dar início às obras já no próximo mês. “Se o Governo Federal não falhar, a expectativa é darmos as ordens de serviço agora no mês de maio. Então eu preciso da expertis, da experiência do Giroto, que aumentaram muito com o tempo que ele passou em Brasília como deputado federal, para fazer estes projetos andarem”, ressaltou Puccinelli.


O BNDES aprovou financiamento de R$ 733,5 milhões ao Estado de Mato Grosso do Sul para viabilizar a execução do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Regional. Dentre os projetos estão as operações das linhas de Logística – Modal Rodoviário e BNDES Estados que contemplam obras viárias, construção e ampliação de unidades universitárias, construção de hospital e apoio aos Arranjos Produtivos Locais. “O Giroto representa um reforço para nossa Secretaria de Obras para execução destes projetos, que não são somente obras de infraestrutura”, declarou o governador ao reforçar a importância do trâmite conquistado pelo deputado no Congresso Nacional e ao próprio Governo Federal.


A principal preocupação do governador é de que Mato Grosso do Sul tenha garantias de que os recursos conquistados através do BNDES Estados sejam executados e que não haja atraso no andamento das liberações e nem se perca o recurso já conquistado.


Os recursos disponibilizados através do BNDES correspondem a 60,6% dos projetos, orçados em R$ 1,2 bilhão. Além de garantir a quitação do financiamento, o Estado será responsável pelo investimento direto do montante complementar com recursos próprios.


Obras


O recurso será aplicado na pavimentação e readequação de 422 km de rodovias, revitalização de outros 696,4 km e implantação e adequação de intercessões e acessos, beneficiando 29 municípios sul-mato-grossenses. Essas obras serão responsáveis pela geração de três mil postos de trabalho.


Em Campo Grande, a construção da unidade universitária da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) vai empregar 300 profissionais de ensino superior, beneficiando 1,8 mil alunos e 24 mil usuários de serviços de saúde. Já a ampliação da unidade da instituição em Dourados vai abrir vagas para 50 novos profissionais, aumentando a oferta de vagas em mais de 500 estudantes.


Com a construção do Hospital Regional de Três Lagoas, serão criados 400 empregos. A obra vai beneficiar 250 mil pessoas, com previsão de 7,5 mil internações e 84 mil atendimentos ambulatoriais por ano.


Outro item contemplado é o apoio aos Arranjos Produtivos Locais (APLs), a partir da estruturação de atividades tradicionais desenvolvidas pelas comunidades e de iniciativas que visem a organizar novas áreas econômicas, com o uso sustentável dos recursos naturais da região. Essas atividades deverão gerar 600 empregos diretos, beneficiando um público total de mil pessoas.


Por Luciana Bomfim e Gizele Oliveira

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)