Cassilândia, Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Últimas Notícias

25/09/2007 09:05

Gerson Camata defende castração química de pedófilos

Agência Senado

Gerson Camata defende castração química de pedófilosA aplicação de pena de castração química está sendo defendida pelo senador Gerson Camata (PMDB-ES) nos casos de crimes de violência sexual praticados por pedófilos - definição aplicada a pessoas que buscar manter práticas sexuais com crianças. A proposta (PLS 552/07) será examinada em decisão terminativa na Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça (CCJ), onde começa a tramitar.

O projeto altera o Código Penal - a Lei 2.848, de 1940 - para sugerir a castração do pedófilo envolvido em quatro modalidades de delito, entre os quais os crimes de estupro e de atentado violento ao pudor (atos libidinosos diversos do ato sexual). A lista também inclui delitos que envolvam posse sexual mediante fraude (corromper ou facilitar a corrupção de maior de 14 e menor de 18 anos) ou com violência sexual implícita - quando a vítima ou é menor de 14 anos ou apresenta debilidade mental ou, ainda, esteja impossibilitada de se defender.

Na justificativa, Gerson Camata observa que a pedofilia é uma moléstia reconhecida pela comunidade científica, descrita no Código de Doenças, que precisa ser debelada em sua origem, "com a máxima objetividade e o necessário rigor". Enfrentamento tão drástico, como entende, justifica-se diante das graves conseqüência do problema para a sociedade.

De acordo com o senador, menores são submetidos a violências psicológicas graves por indivíduos que, na prática, são incapazes de se reabilitar perante a sociedade. Isso se deve, como afirma, ao elevado grau de deformação que apresentam em seu psiquismo. Por isso, acrescenta, mesmos países com avançados sistemas carcerários - com sofisticada atenção física e médica - já propõem que pedófilos sejam castrados, como meio de impedir provável reincidência.

Ainda sem relator, a matéria poderá receber emendas na CCJ até quarta-feira (26).

Gorette Brandão / Agência Senado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 23 de Maio de 2017
Segunda, 22 de Maio de 2017
21:25
Loteria
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)