Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/04/2010 07:49

Gerente de prefeitura de Naviraí é preso pelo Gaeco

João Humberto, Campo Grande News

O ex-gerente geral da prefeitura de Naviraí, Gilberto Álvaro Pimpinatti, foi preso ontem à tarde por uma equipe do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) no município distante 370 quilômetros de Campo Grande.

Pimpinatti vinha acumulando vários cargos recentemente na prefeitura, entre eles chefe de gabinete e gerente de obras. Gilberto e outros dois servidores – Cícero dos Santos (Núcleo de Habitação Popular) e João Marcos Rosa – são acusados de envolvimento na venda de um terreno público localizado no Distrito Industrial por R$ 100 mil.

Ele foi preso em sua casa, localizada numa chácara em Naviraí, na saída para Ivinhema. No dia 9, Pimpinatti foi afastado do cargo de gerente geral da prefeitura, por determinação da juíza Marilza Baptista, que acatou parcialmente a Ação Civil Pública, impetrada pela Promotoria de Justiça, sobre o caso Mefi (venda de terreno público do Distrito Industrial).

Após ser detido, de acordo com o site Ta na Mídia Naviraí, Gilberto foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, onde está preso em uma sala.

O MP (Ministério Publico) pediu a prisão preventiva dele, que foi acatada pelo juiz Eduardo Magrinelli Júnior. Gilberto é acusado de corrupção passiva.

O nome dele vinha sendo cotado para disputar a sucessão do prefeito Zelmo de Brida (PMDB) em 2012.

João Marcos pediu exoneração assim que seu nome foi envolvido no escândalo.

Gilberto viajou na última sexta-feira para Campo Grande na tentativa de suspender a liminar junto ao TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). O promotor de Justiça de Defesa do Patrimônio Público, Paulo Riquelme, informou que o prefeito teria prazo de dez dias para confirmar o afastamento de Gilberto.

Segundo o promotor, Zelmo de Brida já foi notificado sobre a decisão da juíza.

O afastamento é por tempo indeterminado, até que todas as testemunhas sejam ouvidas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)